top of page

NOS ACOMPANHE E NOS SIGA NAS REDES SOCIAIS

  • Instagram
  • Facebook
  • X
  • TikTok
  • Youtube
  • Soundcloud
  • Whatsapp
  • Telegram
  • Foto do escritorRedação

A CANDIDATURA DE GABRIEL DELANE DIVIDIRÁ O ELEITORADO BOLSONARISTA EM EUNÁPOLIS!

Por: Val Cabral

Sob condição de prefeiturável bolsonarista, Gabriel Delani deverá surpreender!

Nas eleições municipais de 2020, a então candidata Cordélia Torres (UB), se elegeu Prefeita de Eunápolis, com exatos 29.925 votos e nas eleições nacionais de 2022, Jair Bolsonaro (PL) recebeu 28.290 votos dos eunapolitanos. Este é o extrato do que se pode conjecturar do eleitorado bolsonarista e da direita em Eunápolis.


Esses fatos nos fazem suspeitar, que estará competitivo o prefeiturável que melhor simbolizar o bolsonarismo em Eunápolis. Sobretudo, se existirem mais de dois candidatos(as) majoritários na cidade. E entre os prováveis prefeituráveis, existe apenas um que melhor invoca o bolsonarismo em Eunápolis: Gabriel Delani!

Todavia, uma candidatura bolsonarista favorecerá o prefeiturável que deverá ser indicado pela Quadrilha dos Fraternos, que acabará se beneficiando com a divisão eleitoral da Direita, entre Gabriel Delani e Cordélia Torres, pois a Prefeita também orbita entre os eleitores ideológicos do ex-presidente Jair Bolsonaro.

Essa muvuca estará mais efervescente com a possibilidade das lideranças de oposição a Prefeita e ao prefeiturável da Quadrilha dos Fraternos, lançarem o também bolsonarista Neto Guerrieri, que está entre todos prefeituráveis, com melhor perspectiva de vitória, pois converge os eleitores que não votam em Cordélia e em quem a antecedeu no comando da Prefeitura.

Portanto o cenário está descortinado e hoje há mais quem atrapalha do que se coloca como imbatível e fator consumado para as próximas eleições eunapolitanas!

Comments


Role para baixo e veja mais notícias

Todos os temas tratados neste veículo de comunicação, mesmo conteúdos que expressam opinião, são obedientes ao critério jornalístico relacionado a fatos e acontecimentos, dentro do direito à liberdade de expressão, assegurado na Constituição Federal do Brasil, sem qualquer intenção ou motivação pessoal de agredir pessoa alguma, tão somente expressar de forma legítima o DIREITO de opinar sobre fatos verídicos e acontecimentos reais, no amplo exercício de um jornalismo livre e plural.

 

Antonio Marcos Nunes dos Santos

Jornalista - Registro 0006829/BA  

00_edited.jpg
PC CA.png
bottom of page