Leia Também
  • cdn24horas

Aglomeração e aparente "vida normal" preocupa por segunda onda e mortes por covid


Autoridades de saúde estão em alerta com a possibilidade de uma segunda onda, ainda mais forte que a primeira, do novo coronavírus - covid-19. Com aglomerações por conta das eleições em todo pais e o relaxamento das medidas de prevenção, passando a falsa ideia de normalidade, a contaminação pelo novo coronavírus tende a ter uma segunda onda, com taxa de contaminação ainda maior que a primeira. Em publicação da FIOCRUZ, a entidade vê risco de milhares de dezenas de mortes por covid-19 no país (veja aqui). A sensação que a normalidade voltou e a mídia voltada para as eleições, fez crescer a falsa impressão que o vírus não existe mais, e em muitos locais a máscara já começa a entrar em desuso, além das rotineiras filas em agências bancárias, e, em regra geral grande parcela da população voltou a plena normalidade, mesmo sem haver uma vacina efetivamente eficaz (ainda em estudos).