BANNER-INTERNET-728-x-90.gif
Leia Também
  • Antonio Marcos Nunes

Anos letivos 2020 e 2021 serão juntados aprova CNE, e ensino remoto até final do ano que vem

O conselho é responsável por assessorar o MEC nas políticas educacionais federais.

 

Foi aprovado na terça-feira (06) no Conselho Nacional de Educação a junção dos anos letivos de 2020 e 2021, além da validação do ensino remoto até final de 2021, em função da suspensão das aulas em todo país por consequência da pandemia do novo coronavírus (COVID-19). O texto ainda deve ser aprovado pelo MEC (Ministério da Educação e Cultura), facultando às redes aderirem ou não as novas diretrizes, que são validas para todas redes do país desde a educação básica até o ensino superior, sejam elas públicas, privadas ou comunitárias, embora, não sejam obrigatórias. Em verdade prática, cria-se a possibilidade de um "continuum" curricular entre 2020 e 2021, ou seja, os dois anos letivos viram um só.