top of page
  • Foto do escritorRedação

Ator Francês Gérard Depardieu foi preso por denúncia de agressões sexuais


Gérard Depardieu foi preso nesta segunda-feira(19), em Paris, na França, por denúncias de agressões sexuais. A informação é da agência de notícias France Presse.


O ator francês é acusado por duas mulheres, em casos que teriam ocorrido em 2014 e em 2021. No primeiro caso, a vítima teria 24 anos na época e ele teria tocado em partes do seu corpo antes de dirigir a ela "palavras indecentes", segundo a denúncia.

No segundo, a denúncia foi feita por uma decoradora que trabalhava no set de filmagem do filme "Les Volets Verts", estrelado por Dépardieu.

Depardieu nega as denúncias. Em um artigo publicado no jornal francês "Le Figaro" em outubro do ano passado, ele afirma "nunca, jamais" ter abusado de uma mulher. "No tribunal midiático, contra o linchamento que me foi direcionado, só resta a minha palavra", escreveu.

Com uma carreira de mais de 200 filmes no cinema e na televisão, Depardieu é um dos atores franceses mais conhecidos do mundo, por interpretar personagens como Cyrano de Bergerac, Cristóvão Colombo, em "Alad'2", e Obélix, em "Asterix e Obélix".



O ator francês Gerard Depardieu posa durante Festival de Cannes de 2015 — Foto: LOIC VENANCE / AFP


Pai de quatro filhos, entre eles o ator Guillaume Depardieu, morto em 2008, ele também está frequentemente envolvido em polêmicas.

O presidente russo, Vladimir Putin, concedeu-lhe cidadania russa no início de 2013 e, em 2019, o ator se converteu ao cristianismo ortodoxo.

Para além de sua trajetória de sucesso no cinema, também é empresário do setor gastronômico, dono de uma vitivinícola e teve uma carreira modesta como cantor.

Após o surgimento do movimento #MeToo em 2017, várias figuras do cinema francês foram acusadas de estupro, incluindo os diretores Christophe Ruggia e Luc Besson.


g1

Comments


NOS ACOMPANHE E NOS SIGA NAS REDES SOCIAIS

  • Instagram
  • Facebook
  • X
  • TikTok
  • Youtube
  • Soundcloud
  • Whatsapp
  • Telegram

Role para baixo e veja mais notícias

Todos os temas tratados neste veículo de comunicação, mesmo conteúdos que expressam opinião, são obedientes ao critério jornalístico relacionado a fatos e acontecimentos, dentro do direito à liberdade de expressão, assegurado na Constituição Federal do Brasil, sem qualquer intenção ou motivação pessoal de agredir pessoa alguma, tão somente expressar de forma legítima o DIREITO de opinar sobre fatos verídicos e acontecimentos reais, no amplo exercício de um jornalismo livre e plural.

 

Antonio Marcos Nunes dos Santos

Jornalista - Registro 0006829/BA  

00_edited.jpg
728x180-min.gif
PC CA.png
bottom of page