top of page
  • Foto do escritorRedação

Bárbaro - Adolescente que matou a marretada empresário em Eunápolis se apresentou na 23ª COORPIN


O menor, responsável pelo crime bárbaro que vitimou fatalmente a golpes de marreta o empresário, Israel Quirino dos Santos, durante discussão na noite da sábado, na empresa da vítima, entregou-se na delegacia, na manhã de segunda-feira (14). Veja abaixo a nota da 23ª COORPIN



23ª COORPIN/EUNÁPOLIS


Na manhã desta segunda-feira (14), durante as investigações do homicídio que vitimou ISRAEL QUIRINO DOS SANTOS, ocorrido no último sábado (12), no bairro Dinah Borges, o autor, adolescente de 17 anos, apresentou-se na Delegacia com um advogado.

Restou constatado, durante as investigações, que pouco antes do crime, a vítima mostrou o autor por uma chamada de vídeo que recebeu de sua esposa. Ela lhe ligou cerca de cinco minutos antes do crime, e ele virou a câmera em direção ao adolescente para registrar a presença do rapaz no local, provavelmente já prevendo o que poderia ocorrer.

Essa informação permitiu qualificar o autor, de forma que diligências já vinham sendo realizadas para a sua localização e apreensão, sendo antes, porém, apresentado por seu advogado.

O adolescente, que é ex-funcionário da vítima, confessou a autoria e alegou que foi ao local cobrar novecentos reais que o empresário lhe devia há cerca de três meses; e que o crime ocorreu durante uma acalorada discussão, ocasião em que ele golpeou a vítima com uma marreta que encontrou no local.

Após caído, o adolescente deu mais dois golpes de marreta na cabeça da vítima, resultando em afundamento de crânio.

O Inquérito Policial será concluído e remetido ao Ministério Público Estadual para embasar Representação pelo ato infracional, perante a Vara da Infância e Juventude da Comarca de Eunápolis.


23ª COORPIN/EUNÁPOLIS

Commentaires


NOS ACOMPANHE E NOS SIGA NAS REDES SOCIAIS

  • Instagram
  • Facebook
  • X
  • TikTok
  • Youtube
  • Soundcloud
  • Whatsapp
  • Telegram

Role para baixo e veja mais notícias

Todos os temas tratados neste veículo de comunicação, mesmo conteúdos que expressam opinião, são obedientes ao critério jornalístico relacionado a fatos e acontecimentos, dentro do direito à liberdade de expressão, assegurado na Constituição Federal do Brasil, sem qualquer intenção ou motivação pessoal de agredir pessoa alguma, tão somente expressar de forma legítima o DIREITO de opinar sobre fatos verídicos e acontecimentos reais, no amplo exercício de um jornalismo livre e plural.

 

Antonio Marcos Nunes dos Santos

Jornalista - Registro 0006829/BA  

00_edited.jpg
728x180-min.gif
PC CA.png
bottom of page