top of page

NOS ACOMPANHE E NOS SIGA NAS REDES SOCIAIS

  • Instagram
  • Facebook
  • X
  • TikTok
  • Youtube
  • Soundcloud
  • Whatsapp
  • Telegram
  • Foto do escritorAntonio Marcos Nunes

Bafafá na política de Cabrália vão de invertida a conversa fiada



Sem a perspicácia necessária e a evidente falta de preparo de quem não consegue ver além do próprio umbigo, os falastrões Girlei e Xêpa que costumeiramente atacam tudo e todos, com a política rasteira de sempre atacar, e não ter nenhum projeto para apresentar a população, estão sendo alvo de duras críticas por parte da população, diante da postura raivosa adotada pela dupla.


Apoiador de Girlei e Xepa recebe invertida

Em episódio recente numa discussão num grupo de aplicativo de conversa um apoiador de Girlei e Xepa recebeu uma invertida do produtor rural Zé Carlos da Purificação, que foi além e, em áudio no grupo de aplicativo disse até sobre valor que Xêpa havia recebido para ser o candidato a vice de Loredano na eleição de 2020. Danou-se!




 

Xêpa fala besteira na rádio

O hoje, novamente pretenso candidato a vice, Xêpa, entrou recentemente por telefone numa conversa entre um comunicador de rádio e outra pessoas que estava no estúdio durante o programa, e com a língua amolada de sempre acusou os outros legítimos pré-candidatos a prefeito, e na sua fala de uma nota só, se autoproclamou junto ao desorientado Girlei como a verdadeira oposição ao candidato do prefeito Agnelo, mal sabendo a imbecilidade que estava fazendo, mostrando a completa falta de visão e orientação política na sua fala; a postura que vem adotando junto a Girlei, nada mais serve, senão para fazer dos dois garotos propaganda do candidato do prefeito, e a custo zero, ou seja, no 0800.



Comments


Role para baixo e veja mais notícias

Todos os temas tratados neste veículo de comunicação, mesmo conteúdos que expressam opinião, são obedientes ao critério jornalístico relacionado a fatos e acontecimentos, dentro do direito à liberdade de expressão, assegurado na Constituição Federal do Brasil, sem qualquer intenção ou motivação pessoal de agredir pessoa alguma, tão somente expressar de forma legítima o DIREITO de opinar sobre fatos verídicos e acontecimentos reais, no amplo exercício de um jornalismo livre e plural.

 

Antonio Marcos Nunes dos Santos

Jornalista - Registro 0006829/BA  

00_edited.jpg
PC CA.png
bottom of page