Leia Também
  • cdn24horas

Belmonte - Eleição para presidência da câmara tenta trazer de volta a ''velha política"


Este é o momento onde deve-se exigir maturidade dos recém eleitos na câmara de vereadores belmontense, e os novos edis mostrarem ao povo que o voto que receberam nas urnas foi bem-vindo, para de fato acontecer a tão desejada e sonhada mudança em toda esfera da gestão pública no município. O que mais intriga dentro do legislativo belmontense, é a tentativa de trazer de volta ao protagonismo na câmara municipal, um dos personagens da política na cidade que representa o retrocesso e nos faz lembrar justamente da velha e desgastada maneira de se fazer política, que foi inclusive a razão da derrota do grupão do atraso e a consequente eleição do candidato da RENOVAÇÃO. Estamos falando do vereador Turista, que busca votos para seu 'cavalo de Tróia', o vereador Beto de Barrolândia, que de repente, aparece entre seus pares recém eleitos para concorrer a presidência da casa, tendo por trás o 'velho lobo', o vereador Turista, a situação mais parece uma piada de botequim, ou, a cena de um filme antigo de terror; o povo belmontense vai ter um bom termômetro para medir logo de início a temperatura moral dos novos vereadores, independente de que lado foram eleitos, e fica o aviso, o povo não esquece faz a limpa na próxima eleição, basta ver o que aconteceu agora em novembro deste ano. Tanta gente nova, sangue novo, e ainda se cogita tamanha imoralidade política, com uma candidatura que faz lembrar 'um passado recente' da pior gestão da cidade em todos os tempos. Estamos de olho!