Leia Também
  • cdn24horas

Cabrália - Prefeito Agnelo cria lei e não cumpre, desrespeita professores e deixa clima tenso


Depois de um golpe na categoria, ao arrepio da lei, tendo impiedosamente retirado direitos de educadores, o prefeito Agnelo Santos (PSD) afunila mais ainda o colapso e a falência da sua minguada gestão, à semelhança do cunhado prefeito de Eunápolis. Na manhã de quarta-feira(09) professores saíram às ruas reivindicando direito ao reajuste salarial do piso da categoria, em 12,84% não pagos por ele já a 254 dias, ou seja quase 9 meses, desrespeitando a lei que ele próprio encaminhou ao legislativo municipal e foi aprovada pelos vereadores, além da lei federal. O gestor que 'empurra com a barriga' a situação da categoria não deixou outra alternativa para os profissionais da educação senão ir para as ruas, numa tentativa de provocar o bom senso do prefeito, o que não parece ser atributo do gestor; no entanto, a luta para que a perversa gestão do cunhado de Robério respeite a categoria não vem de agora, é um calvário para quem entrega suas vidas para formar cidadãos, mas lamentavelmente um prefeito que não respeita a educação compromete o futuro de toda uma geração.