top of page

NOS ACOMPANHE E NOS SIGA NAS REDES SOCIAIS

  • Instagram
  • Facebook
  • X
  • TikTok
  • Youtube
  • Soundcloud
  • Whatsapp
  • Telegram
  • Foto do escritorRedação

Caso Arriba Saia - Rony Brasil é desmentido pela Polícia Federal e forças policiais da Bahia


Depois de divulgar que a banda Arriba Saia e seu vocalista haviam sido detidos pela Polícia Federal em Feira de Santana, na noite de domingo, dia 02, por consequência, de uma das músicas da banda, intitulada "Alexandre de Moraes"; Rony Brasil foi desmentido pelas autoridades policiais, tanto pela PF, quanto pelas policias civil e militar da Bahia


 

O músico em uma gravação afirma que os músicos e ele estão sendo detidos, em consequência da música:

“A gente não sabe bem o que fazer véi, porque uma situação dessa, eu acho que a música não aflige ninguém né? Sei lá. Mas fazer o que né? Então não vamos contrariar a ordem. Ordem é ordem. Mandado é mandado. Mandou prender a gente vai, fazer o quê?”, diz ele na gravação, afirmando que os músicos estão sendo detidos.

E, continua...

“A música rodou no São João todo no estado da Bahia, é sucesso, mas infelizmente vamos fazer o quê? Eu vou responder, deixar todo mundo bem. O ônibus vai embora com todo mundo e eu vou ficar aqui respondendo, ficar aqui preso. Qualquer coisa eu desço pra Brasília e é isso, a situação é essa”, afirmou.


 

O que disseram as autoridades policiais

A Ascom da Polícia Federal negou que tenha sido feita alguma abordagem por conta da canção. “A Polícia Federal informa que não realizou nenhuma ação ou detenção de pessoa envolvida em banda de forró, no último domingo (02/07)”, explicou em nota.

“O suposto cantor compareceu ao Posto Avançado da PF, em Feira de Santana/BA, na manhã de hoje (03/07) para solicitar informações e, logo após, deixou as instalações do órgão”, concluiu o órgão. Uma foto do cantor no local com as mãos cobertas por uma blusa também circula nas redes sociais.


A Polícia Militar também negou as informações apresentadas pelos músicos. “A 27ª CIPM esclarece que informações referentes à suposta condução dos integrantes de uma banda, ocorrida no domingo (2) no município de Cruz das Almas, são inverídicas”, disseram.

“A unidade informa que, atuando no policiamento do município no período junino, foi acionada por prepostos da prefeitura municipal para realizar a escolta do ônibus que trazia os músicos até os fundos do palco para a apresentação do grupo, o que foi feito, não havendo quaisquer registros de detenções dos artistas ou de encaminhamento da banda à delegacia”, informaram.


Já a Polícia Civil de Feira de Santana informou que não houve nenhuma ocorrência registrada no local. “Prezados, não foi apresentado no Complexo do Sobradinho em Feira de Santana nenhuma ocorrência neste sentido”, escreveram na nota.

1 Σχόλιο


Πελάτης
05 Ιουλ 2023

Meu Deus que coisa

Μου αρέσει

Role para baixo e veja mais notícias

Todos os temas tratados neste veículo de comunicação, mesmo conteúdos que expressam opinião, são obedientes ao critério jornalístico relacionado a fatos e acontecimentos, dentro do direito à liberdade de expressão, assegurado na Constituição Federal do Brasil, sem qualquer intenção ou motivação pessoal de agredir pessoa alguma, tão somente expressar de forma legítima o DIREITO de opinar sobre fatos verídicos e acontecimentos reais, no amplo exercício de um jornalismo livre e plural.

 

Antonio Marcos Nunes dos Santos

Jornalista - Registro 0006829/BA  

00_edited.jpg
PC CA.png
bottom of page