BANNER-INTERNET-728-x-90.gif
Leia Também
  • Antonio Marcos Nunes

Caso Witzel, prefeitos e governadores com as barbas de molho


Muitos gestores corruptos, que inescrupulosamente se apropriaram de recursos que foram destinados para combater a pandemia do novo coronavírus, deverão ser alvo de operações da Polícia Federal em todo país. Essa turma usou como pano de fundo uma guerrilha contra o governo federal, mas o que prevalecia era uma guerra de terror para na surdina se apropriarem de forma ilícita de recurso que foram destinados para salvar vidas. O próprio Witzel, governador do estado do Rio de Janeiro, junto com o governador de São Paulo, João Dória, em determinado momento da pandemia encamparam contra o governo federal críticas e uma campanha sórdida para causar convulsão social, no entanto, enquanto isso dinheiro público para salvar vidas era desviado para abastecer o esquema criminoso do governador do Rio de Janeiro, precipitando em seu recente afastamento do cargo. Entre os tantos casos está o que envolve o governo baiano, na fraudulenta compra dos respiradores, que deu prejuízo milionário ao consórcio de governadores nordestinos, encabeçados pelo governo baiano e cuja negociação se deu pela casa civil do governador Rui Costa, que culminou com a exoneração do braço direito do seu governo Bruno Dauster e a prisão de envolvidos no esquema através de investigação da polícia civil da Bahia. noutra ponta, prefeitos sapecas devem está com medo até da sombra da polícia, afinal, tudo terá de ser prestado contas, aí aparecerão as os verdadeiros genocidas... É só esperar pra ver!

  • Cinza ícone do YouTube
  • SoundCloud - círculo cinza