top of page

NOS ACOMPANHE E NOS SIGA NAS REDES SOCIAIS

  • Instagram
  • Facebook
  • X
  • TikTok
  • Youtube
  • Soundcloud
  • Whatsapp
  • Telegram
  • Foto do escritorRedação

'Censo do tráfico': Comando Vermelho quer saber quem são os moradores de bairro em Salvador

Atualizado: 9 de abr.

Após traficantes invadirem casas, pelo menos 10 famílias saíram às pressas do bairro


 

Comando Vermelho tomou de volta a Prainha do Lobato Crédito: Marina Silva/ CORREIO


 

Para “conhecer” melhor quem são os moradores do Lobato, o Comando Vermelho fez uma espécie de “censo” na Prainha, região dominada há pouco tempo. Depois de espalhar as iniciais “CV”, um grupo com mais de 10 homens com fuzis foi de porta em porta para saber quem são e quantas pessoas vivem nas casas, qual a fonte de renda delas, se têm carro, se têm parentes ou amigos policiais e se há alguma relação delas com outros traficantes. Temendo o pior, dez famílias saíram às pressas, pois tinham algum parentesco ou contato com integrantes do Bonde do Maluco, facção rival. O “censo do tráfico”, as barricadas, as extorsões de comerciantes, a constante afronta à polícia e outros comportamentos, nunca vistos antes, tornaram-se comuns graças à atual política – falida – de segurança, onde enfrentamento é focado na força e não no serviço de inteligência.


Traficante monitora policiais da 14ª CIMP  

O homem preso no dia 1º em frente à 14ª CIPM, no Lobato, não fazia somente apologia à facção, como disse o Departamento de Comunicação Social da Polícia Militar. Ele monitorava a tropa, segundo os PMs da unidade. O criminoso, que foi capturado no dia em que a coluna divulgou a ameaça do Comando Vermelho de explodir a companhia, foi flagrado tirando fotos da 14ª CIPM e enviando em tempo real aos comparsas. Os policiais relataram ainda que encontram no celular do preso fotos da casa de três policiais. Apesar da tentativa de mascarar a situação, a cúpula da PM esquece que na base da pirâmide existem profissionais comprometidos com a transparência e que não aguentam mais enxugar gelo, pois é sabido que o crime organizado está muito mais equipado do que a tropa.



Polícia Militar da Bahia Crédito: Rafael Martins/GOVBA


Algozes no telhado

Com o objetivo de impossibilitar a fuga do alvo, traficantes invadiram uma casa pelo telhado e mataram Lucas da Silva Evangelista, 22 anos, com diversos tiros, no bairro de Fazenda Coutos, no Subúrbio Ferroviário. O jovem foi surpreendido pelos algozes, que o executaram na presença da família, na comunidade de Lava Pé, na última quarta (03). A 3ª Delegacia de Homicídio (DH/BTS) apura o caso. Lucas respondia por tráfico, segundo a polícia.



DHPP investiga morte de Lucas, executado com vários tiros em Fazenda Coutos  Crédito: Divulgação/Polícia Civil


correiodabahia

Comments


Role para baixo e veja mais notícias

Todos os temas tratados neste veículo de comunicação, mesmo conteúdos que expressam opinião, são obedientes ao critério jornalístico relacionado a fatos e acontecimentos, dentro do direito à liberdade de expressão, assegurado na Constituição Federal do Brasil, sem qualquer intenção ou motivação pessoal de agredir pessoa alguma, tão somente expressar de forma legítima o DIREITO de opinar sobre fatos verídicos e acontecimentos reais, no amplo exercício de um jornalismo livre e plural.

 

Antonio Marcos Nunes dos Santos

Jornalista - Registro 0006829/BA  

00_edited.jpg
PC CA.png
bottom of page