top of page

NOS ACOMPANHE E NOS SIGA NAS REDES SOCIAIS

  • Instagram
  • Facebook
  • X
  • TikTok
  • Youtube
  • Soundcloud
  • Whatsapp
  • Telegram
  • Foto do escritorRedação

Cláudia Oliveira rechaça qualquer aproximação política com janismo



A deputada estadual, Cláudia Oliveira (PSD), pré-candidata a prefeita de Porto Seguro, em entrevista na última terça-feira, dia 5, a um site da capital baiana foi cirúrgica quanto aos rumos que dará a sua pré-candidatura ao executivo na cidade do descobrimento. Após falácias que a parlamentar poderia firmar aliança com o atual prefeito, Jânio Natal (PL), ou que, em outra circunstância Natal retiraria sua candidatura após negociações políticas com a deputada, Cláudia Oliveira extirpou qualquer possibilidade de acordo ou aproximação com o janismo, deixando bem claro que sua trajetória no pleito de 2024 será construída com ela e seu grupo político; a deputada reafirma que tem focado na sua atuação na Assembleia buscando melhoria para sua região e, ainda nas palavras da parlamentar ela foi categórica em afirmar: "O povo me chama, mas me chama só..." rechaçando qualquer alinhamento político com o atual prefeito de Porto Seguro.


Esta não é a primeira vez que o grupo político de Jânio Natal alardeia uma aproximação com Cláudia Oliveira, e, no mesmo tom de não querer vínculo, Cláudia desmente. Vale ressaltar que ao avizinhar-se as eleições a rede de boataria se intensifique na tentativa de confundir ou desconstruir, entretanto, o recado já foi dado, a deputada conta com a aliança firmada com seu grupo e com o povo de Porto Seguro.


Vídeo



Comments


Role para baixo e veja mais notícias

Todos os temas tratados neste veículo de comunicação, mesmo conteúdos que expressam opinião, são obedientes ao critério jornalístico relacionado a fatos e acontecimentos, dentro do direito à liberdade de expressão, assegurado na Constituição Federal do Brasil, sem qualquer intenção ou motivação pessoal de agredir pessoa alguma, tão somente expressar de forma legítima o DIREITO de opinar sobre fatos verídicos e acontecimentos reais, no amplo exercício de um jornalismo livre e plural.

 

Antonio Marcos Nunes dos Santos

Jornalista - Registro 0006829/BA  

00_edited.jpg
PC CA.png
bottom of page