BANNER-INTERNET-728-x-90.gif
Leia Também
  • Antonio Marcos Nunes

Cordélia, Bebeto Gama, Cláudio Carvalho e Loredano podem mudar o mapa político da região


As eleições 2020 podem reservar profundas mudanças no cenário político regional, em seis das oito cidades da oitava região baiana. O perfil eleitoral para este ano pode redesenhar o mapa político da região, com uma nova roupagem.


Eunápolis

A candidatura de Cordélia Torres mostra a força do DEM em Eunápolis e a candidata tem uma das maiores composições políticas da Bahia, agregando em torno do seu nome 15 partidos e mais de 200 candidatos a vereador. Torres criou uma frente de apoios vindo de grandes lideranças e a adesão de Neto Carletto e Ramos Filho, dois ex candidatos a prefeito, o que fez do bloco de composição ao nome CORDÉLIA TORRES o mais sólido no processo político eunapolitano. Analistas políticos já dão como certa a eleição da candidata do DEM em Eunápolis.


Belmonte

Na terra do mar moreno, Bebeto Gama (PP) assume o protagonismo da mudança, contra uma política viciada, liderada pelos dois capitães de areia, Jânio Natal e Iêdo Elias, que vêm se revesando no poder há 30 anos. Lutando contra a força dinheiro e o surgimento do grupão janinedista, com a fusão entre iedistas e janistas; a candidatura de Bebeto se apoia na vontade do povo em mudança e na crença que a aspiração popular pode vencer o poderio econômico do candidato do PSD na cidade. Bebeto Gama pode ser a porta para um novo tempo no município, basta apenas os belmontenses abri-la.


Itapebi

Depois de protagonizar a retomada de Itapebi para o crescimento à época que governou o município, Cláudio Carvalho (PSD) reaparece no cenário político itapebiense com o apoio que brota das ruas. O nome de Cláudio representa o resgate da cidade das mãos opressoras de uma governança pautada na truculência. A eleição em Itapebi reúne a força do povo contra um sistema político implantado na cidade, onde impera a intimidação e o medo, fazendo de Cláudio Carvalho o protagonista da LIBERTAÇÃO de uma cidade que vive oprimida.


Cabrália

O município de Santa Cruz Cabrália, conhecido como terra mãe do Brasil vive dias de decisão, onde dois coronéis conhecidos pela corrupção querem a qualquer custo se apropriarem da prefeitura. Tanto Agnelo Santos, quanto Bahiano Pinto, que diga-se já se uniram em Porto, disputam ferrenhamente a prefeitura, mas o passado e o presente os condena, são o que de pior a política Cabraliense já pode produzir na sua história. Entre os candidatos de oposição, destaca-se Loredano Júnior, advogado, procurador do município e é aquele que pode ser a saída de Cabrália para um novo tempo. A população da cidade já vê no nome de Loredano a resposta para aqueles que só usaram o poder para proveito próprio.


Na próxima edição: Porto Seguro e Guaratinga