top of page
  • Foto do escritorRedação

Coveiro informa a polícia que a cabeça de Lázaro Barbosa foi levada de túmulo


O coveiro do cemitério de Cocalzinho de Goiás, em Goiás, informou para a Polícia que o túmulo de Lázaro Barbosa, que foi procurado durante 20 dias por matar uma família no Distrito Federal, foi violado nesta quarta-feira (15). Após receber a notícia, o delegado Rafhael Barboza disse que há suspeita de que tenham levado a cabeça dele durante a violação. Ainda de acordo com delegado, ainda há necessidade de fazer uma perícia para que o episódio seja confirmado. Os nomes dos suspeitos, que podem responder pelo crime de violação de sepultura e subtração de cadáver, não foram divulgados pela polícia. Lázaro Barbosa foi capturado e morto pela polícia no dia 28 de junho de 2021. Na época, ele fugiu para Cocalzinho de Goiás em um carro roubado, onde ficou escondido na mata. As buscas envolveram uma força-tarefa com mais de 200 agentes da segurança pública.


Comments


NOS ACOMPANHE E NOS SIGA NAS REDES SOCIAIS

  • Instagram
  • Facebook
  • X
  • TikTok
  • Youtube
  • Soundcloud
  • Whatsapp
  • Telegram

Role para baixo e veja mais notícias

Todos os temas tratados neste veículo de comunicação, mesmo conteúdos que expressam opinião, são obedientes ao critério jornalístico relacionado a fatos e acontecimentos, dentro do direito à liberdade de expressão, assegurado na Constituição Federal do Brasil, sem qualquer intenção ou motivação pessoal de agredir pessoa alguma, tão somente expressar de forma legítima o DIREITO de opinar sobre fatos verídicos e acontecimentos reais, no amplo exercício de um jornalismo livre e plural.

 

Antonio Marcos Nunes dos Santos

Jornalista - Registro 0006829/BA  

00_edited.jpg
728x180-min.gif
PC CA.png
bottom of page