BANNER-INTERNET-728-x-90.gif
Leia Também
  • Antonio Marcos Nunes

Crescem as críticas ao governo baiano e medidas duras revoltam comerciantes em todo Estado




O caminhar para um fechamento total de uma das principais atividades econômicas, o comércio, tem revoltado empresários do setor e a população de um modo geral. Apelando para paralisações, o governo de Rui Costa, alega o colapso na saúde pública no Estado da Bahia, por conta da covid-19, e as consequentes internações em leitos de UTI, resolveu usar a velha receita do lockdown, mas, vários gestores de cidades do interior apoiados pela maioria da população resolveram enfrentar os decretos do governador, e a vida segue em ritmo de trabalho nas cidades. Em queda livre na popularidade e com gestão ligada a escândalos de corrupção, tendo dois secretários de seu governo envolvidos em desvios de conduta, sendo um deles pessoa de sua confiança, envolvido no 'sumiço' milionário de dinheiro público na 'compra' de respiradores para salvar vidas na pandemia e outro da pasta de segurança pública, denunciado por envolvimento na operação faroeste, que apura a venda de sentenças na veia da justiça baiana, dentro do TJ-BA, sendo ambos demissionários e respondem pelas acusações. Enfim, enfraquecido só restou a Rui Costa ir às lágrimas.

Diga-se, nem respiradores; nem dinheiro. É coisa pra chorar!