top of page

NOS ACOMPANHE E NOS SIGA NAS REDES SOCIAIS

  • Instagram
  • Facebook
  • X
  • TikTok
  • Youtube
  • Soundcloud
  • Whatsapp
  • Telegram
  • Foto do escritorRedação

Crise no Oriente Médio aumenta com ataque de Israel ao Irã


Míssil teria atingido área de aeroporto de Isfahan, região central iraniana


 

A rede de TV ABC News, dos Estados Unidos, informou que Israel retaliou recente ataque aéreo do Irã com um bombardeio, no início da manhã desta sexta-feira (horário local). Pelo menos um local perto do aeroporto de Isfahan foi atingido por artefato explosivo, provavelmente um míssil.

Conforme a emissora CNN, diversos voos comerciais foram desviados do espaço aéreo iraniano. Ainda não há mais informações sobre os danos causados.

A imprensa do Irã informou que os voos nos principais aeroportos do país estavam suspensos até segunda ordem. Também confirmou que os sistemas de defesa anti-aéreo derrubaram vários “objetos” que cruzavam os céus do país.

Mais cedo, o governo do Irã havia alertado Israel para evitar uma escalada. O chefe da diplomacia iraniana declarou que seu país fez chegar várias "mensagens" aos Estados Unidos para garantir que o Irã não busca "uma expansão das tensões" com Israel no Oriente Médio, informou seu ministério nesta quinta-feira (18). "O que pode aumentar as tensões na região é o comportamento do regime sionista", disse Hossein Amir Abdollahian ao chegar na manhã desta quinta-feira a Nova York para uma reunião do Conselho de Segurança da ONU.

Israel disse na quarta-feira que se reservava "ao direito de se proteger" da República Islâmica depois que Teerã atacou seu território com centenas de drones e mísseis no fim de semana. O ministro das Relações Exteriores do Irã insistiu que "mensagens foram enviadas antes e depois da operação" para os Estados Unidos, principalmente por meio da embaixada suíça em Teerã, que representa os interesses dos EUA no país na ausência de relações diplomáticas entre as duas nações.



R7

Comments


Role para baixo e veja mais notícias

Todos os temas tratados neste veículo de comunicação, mesmo conteúdos que expressam opinião, são obedientes ao critério jornalístico relacionado a fatos e acontecimentos, dentro do direito à liberdade de expressão, assegurado na Constituição Federal do Brasil, sem qualquer intenção ou motivação pessoal de agredir pessoa alguma, tão somente expressar de forma legítima o DIREITO de opinar sobre fatos verídicos e acontecimentos reais, no amplo exercício de um jornalismo livre e plural.

 

Antonio Marcos Nunes dos Santos

Jornalista - Registro 0006829/BA  

00_edited.jpg
PC CA.png
bottom of page