top of page
  • Foto do escritorRedação

Eleições 2024| Professores e diretores de Cabrália estão preocupados com a sucessão municipal


A foto retrata a entrega de uma escola reconstruída no município de Cabrália nas comemorações dos 190 anos de emancipação da cidade

Um questionamento curioso surpreendeu a editoria do cdn24horas no município de Santa Cruz Cabrália. A equipe de reportagem constatou um fato relevante, ao ser questionada por dois diretores e três educadores (que não quiseram se identificar) de como estava o cenário político na cidade para as eleições municipais em 2024. A pergunta surgiu diante de uma preocupação de toda rede; ter a certeza da manutenção dos avanços obtidos na gestão, Agnelo Santos, com quem for eleito ano que vem; ao avizinhar-se o ano eleitoral, os professores temem que a política de sucesso implementada pela atual gestão possa retroceder a depender de quem for eleito como prefeito da cidade, por não ter o olhar para a educação pública que tem o prefeito Agnelo.


O cdn24horas, diante do que ouviu de membros da educação, e, da relevância do questionamento feito, procurou o prefeito da cidade para saber o que ele pensa sobre a preocupação dos educadores quanto o futuro da educação pública municipal pós eleições, e quem será seu indicado para sucessão ao cargo de prefeito em de 2024.


 

Homem olhando

O gestor cabraliense conversou com o cdn24horas, e disse que entende a preocupação, afinal, desde que ele assumiu a prefeitura da cidade em 2017 vem avançando em todas as áreas da gestão pública, e, seu olhar para a formação das crianças e jovens é responsável por uma educação de excelência praticada em seu governo:

"Nós temos o compromisso de respeitar o professor; eu sempre tive uma relação de respeito com o sindicato da categoria, APLB, basta ver que não temos greve na educação em Cabrália, antes, fiz e faço tudo que posso sem medir esforços por nossos alunos, pois eu acredito que a educação é um pilar. Um claro exemplo é o investimento nas duas pontas - de um lado investimos na reorganização do fluxo do alunado, trazendo para perto de casa os alunos que estudavam em bairros deslocados e distante de onde moram; reformamos, reconstruímos, ampliamos e construímos escolas, tanto na zona urbana, quanto na zona rural, e, encampamos outras ações que mudaram totalmente a estrutura de educação na cidade. Na outra ponta, capacitamos os educadores; democratizamos o ambiente escolar com eleições para escolha de diretores e vice-diretores das escolas; respeitamos todos os direitos dos educadores, com reposição salarial, progressões e sempre respeitando o data do pagamento dos salários que são pagos rigorosamente em dia, não só da educação, mas todo o funcionalismo municipal", destacou Agnelo.

Quanto a sucessão municipal, Agnelo Santos, foi reticente ao nome que ele irá indicar, no entanto, foi enfático em afirmar que a pessoa que apresentará para a sucessão municipal será alguém com o mesmo olhar para a gestão pública em todas as áreas da governabilidade e, de igual modo na mola mestra da educação. Agnelo disse que na hora certa anunciará seu candidato para 2024. O prefeito, ainda falou que os cabralienses fiquem tranquilos; que os educadores fiquem tranquilos; que os agricultores e toda zona rural fiquem tranquilos; que a Orla Norte fique tranquila; fiquem todos tranquilos, pois o grupo político vai ganhar as próximas eleições e os avanços não vão parar.


 

Em Abril de 2023, o Secretário Municipal de Educação, Izael Gomes, falou sobre os avanços na educação de Cabrália; ouça atentamente o que ele fala no PodCast Café com Antônio Marcos:


Comments


NOS ACOMPANHE E NOS SIGA NAS REDES SOCIAIS

  • Instagram
  • Facebook
  • X
  • TikTok
  • Youtube
  • Soundcloud
  • Whatsapp
  • Telegram

Role para baixo e veja mais notícias

Todos os temas tratados neste veículo de comunicação, mesmo conteúdos que expressam opinião, são obedientes ao critério jornalístico relacionado a fatos e acontecimentos, dentro do direito à liberdade de expressão, assegurado na Constituição Federal do Brasil, sem qualquer intenção ou motivação pessoal de agredir pessoa alguma, tão somente expressar de forma legítima o DIREITO de opinar sobre fatos verídicos e acontecimentos reais, no amplo exercício de um jornalismo livre e plural.

 

Antonio Marcos Nunes dos Santos

Jornalista - Registro 0006829/BA  

00_edited.jpg
IMG_6502.gif
PC CA.png
bottom of page