BANNER-INTERNET-728-x-90.gif
Leia Também
  • Antonio Marcos Nunes

Espaço político fica aberto na região com implosão de Robério e Cláudia


Juntando os cacos, os Oliveira, Robério e Cláudia, tentam manter-se vivos na política, mesmo sabendo que respiram o último oxigênio que ainda possam ter na vida pública.


O mercado de votos, vindo do capital político do casal Oliveira, ficará órfão, daí, a presumida ideia de ampla 'abertura política' em um ativo eleitoral que a família controlava e, que não controlará mais. Às barbas com a justiça e a inevitável inelegibilidade, considerando ainda, a atmosfera de uma iminente condenação judicial, com consequente prisão, é o cenário mais lógico do apocalipse dos ex prefeitos Robério e Cláudia.


Nomes da política regional já avançam no território dos Oliveira e miram o orfanato deixado pelos Fraternos do PSD, e, nessas condições, o cenário já inclui até lideranças de outros municípios que miram esse eleitorado. As eleições a nível estadual e federal ano que vem (2022), serão o norte que servirão de guia aos prognósticos do futuro no âmbito municipal.


A conclusão mais óbvia é que, a configuração política será outra daqui pra frente.