BANNER-INTERNET-728-x-90.gif
Leia Também
  • Antonio Marcos Nunes

Eunápolis - Chuvas intensas podem levar prefeitura a decretar estado de calamidade pública


A água invadiu casas e alagou ruas

 

Fortes chuvas tem causado enormes transtornos em várias cidades do estado da Bahia; em Eunápolis, distante 650 km da capital - Salvador, a população tem enfrentado a fúria da natureza, com eventos climáticos que começaram no dia 27 de novembro (sábado), resultado de uma frente fria que chegou ao território baiano, trazendo para as cidades baianas muitas chuvas, acompanhada de trovoada e ventania; em Eunápolis, no sábado (27), uma forte tempestade com ventos que chegaram a 65 km/h e índice de chuvas de 83mm, em apenas seis horas, volume que representa toda chuva aguardada para o mês, alagaram a cidade, destruiu a cobertura do estacionamento de um hipermercado, causou vários danos em outras empresas, alagou e chegou a derrubar residências e destruiu ruas.

Várias ruas foram destruídas

 

O mal tempo continua, com precipitação de muita chuva, deixa o solo encharcado, já havendo deslizamento de encostas, rompimento de represa, novos alagamentos em vários pontos da cidade, interrupção do trânsito em BRs que cruzam a cidade (367 e 101), colocando as autoridades em alerta vermelho, na iminência de decretar Estado de Calamidade Pública.

Lagoa transbordou e alagou praça em bairro da cidade

 

Segundo o Clima Tempo, ainda vai chover durante mais sete dias, ou seja, a previsão é de chuva até o dia 12 de dezembro, preocupando mais a Defesa Civil da cidade, que vem monitorando pontos críticos.

Ruas completamente alagadas

 

A prefeitura tem intensificado ações para desobstruir o acesso das águas pluviais para minimizar os danos, que já somam prejuízos materiais, tanto no comércio, quanto na população, além de grande estrago na infraestrutura da cidade.

Máquinas trabalham até à noite para diminuir danos

 

Campanhas de alimentos, roupas e material de construção para pessoas que perderam a moradia com suas casas destruídas pela chuva já mobilizam a população, a Assistência Social do município tem agido com doações de alimentos, roupas e colchões, para os afetados pelas chuvas, além de busca ativa por pessoas em vulnerabilidade.