top of page
  • Foto do escritorRedação

Eunápolis| Possível afastamento de Cordélia movimenta política, Wanderson assumindo traz pacificação


Wanderson Barros, trará Eunápolis para a normalidade política e a um ambiente de harmonia administrativa

Já há quem afirme que o afastamento da prefeita, Cordélia Torres (UB) é inevitável, diante da robusta denúncia aceita e que está sob investigação na Câmara Municipal de Vereadores de Eunápolis. Os trabalhos já foram iniciados e na próxima quinta-feira (30), na sessão da casa de leis a expectativa é de grande público acompanhando os trabalhos legislativos.


Com governo tumultuado, sempre em rota de colisão com categorias, desgastado e cambaleante, a gestão da atual prefeita segue as cegas, tendo como consequência direta a falta de estabilidade administrativa e ruptura política. A atual gestão ferramentou o governo com o modus operandi da truculência e empáfia; aparelhada, minando os limites da razoabilidade e destruindo a normalidade, afundando a cidade de Eunápolis num período de pura escuridão, longe, muito longe de qualquer possibilidade de algum acerto ou sucesso como gestão pública.


Sem precisar pontuar o desastre administrativo e político da atual gestão eunapolitana, afinal, salta aos olhos, se vier de fato ocorrer o afastamento da prefeita, o advogado e vice-prefeito, Wanderson Barros, trará Eunápolis para a normalidade política e a um ambiente de harmonia administrativa, situação que deixou de existir desde os primeiros dias do atual governo municipal.

1 comentário


Daniel de Jesus Oficial
Daniel de Jesus Oficial
30 de mar. de 2023

Boa tarde a todos tomara que aconteça.

Curtir

NOS ACOMPANHE E NOS SIGA NAS REDES SOCIAIS

  • Instagram
  • Facebook
  • X
  • TikTok
  • Youtube
  • Soundcloud
  • Whatsapp
  • Telegram

Role para baixo e veja mais notícias

Todos os temas tratados neste veículo de comunicação, mesmo conteúdos que expressam opinião, são obedientes ao critério jornalístico relacionado a fatos e acontecimentos, dentro do direito à liberdade de expressão, assegurado na Constituição Federal do Brasil, sem qualquer intenção ou motivação pessoal de agredir pessoa alguma, tão somente expressar de forma legítima o DIREITO de opinar sobre fatos verídicos e acontecimentos reais, no amplo exercício de um jornalismo livre e plural.

 

Antonio Marcos Nunes dos Santos

Jornalista - Registro 0006829/BA  

00_edited.jpg
728x180-min.gif
PC CA.png
bottom of page