top of page
  • Foto do escritorRedação

Filha é estrupada pelo pai, mãe descobriu ao ver adolescente cortar o próprio corpo

Atualizado: 19 de jan. de 2023


Homem estuprava a filha quando a mãe saía para trabalhar

Um Homem de 42 anos foi preso nesta terça-feira, dia 17, na cidade de Corumbá de Goias (GO), após a esposa denunciar o marido de estuprar a própria filha, uma adolescente de 16 anos. A mãe da menor, descobriu a barbárie, após perceber mudança no comportamento da filha e flagrar a garota cortando o corpo.


Segundo a delegada, a denúncia foi feita pela mãe da adolescente, que contou que a filha teve uma mudança severa no comportamento e tinha chegado a se cortar. “Quando a mãe avisou que viajaria e que deixaria a menina com o pai, ela ficou desesperada, pedindo para a mãe não ir, e criou coragem para contar dos abusos, que segundo ela, aconteciam há um ano”, detalhou a delegada. Durante o interrogatório formal, o pedreiro permaneceu em silêncio, segundo a polícia.


A delegada responsável pelo caso, Aline Lopes, relatou que o pai estuprava a filha, quando a esposa saía para o trabalho; ele fazia ameaças para filha, caso contasse para a mãe o que fazia quando ela se ausentava.


Após o cumprimento do mandado de prisão preventiva, o suspeito foi encaminhado à Unidade Prisional de Corumbá. A delegada explicou que o homem vai responder pelo crime de estupro qualificado, com pena de até 14 anos de prisão.

Comments


NOS ACOMPANHE E NOS SIGA NAS REDES SOCIAIS

  • Instagram
  • Facebook
  • X
  • TikTok
  • Youtube
  • Soundcloud
  • Whatsapp
  • Telegram

Role para baixo e veja mais notícias

Todos os temas tratados neste veículo de comunicação, mesmo conteúdos que expressam opinião, são obedientes ao critério jornalístico relacionado a fatos e acontecimentos, dentro do direito à liberdade de expressão, assegurado na Constituição Federal do Brasil, sem qualquer intenção ou motivação pessoal de agredir pessoa alguma, tão somente expressar de forma legítima o DIREITO de opinar sobre fatos verídicos e acontecimentos reais, no amplo exercício de um jornalismo livre e plural.

 

Antonio Marcos Nunes dos Santos

Jornalista - Registro 0006829/BA  

00_edited.jpg
IMG_6502.gif
PC CA.png
bottom of page