BANNER-INTERNET-728-x-90.gif
Leia Também
  • Antonio Marcos Nunes

Fim do auxílio emergencial irá mostrar o lado agudo da crise


A pandemia do novo coronavírus afetou diretamente a renda das famílias, situação que levou o governo federal a estabelecer o auxílio de emergência para prover famílias de baixa renda afetadas pela crise oriunda da covid-19, com o valor de 600 Reais mensais pelo período de cinco meses, que já está findando. O emprego e a renda foram drasticamente afetados, várias empresas encerraram suas atividades ou viram-se obrigadas a demitirem funcionários, além do mercado informal, aquele que o individuo subsiste de mão de obra própria ser o maior prejudicado, sem as garantias da formalidade. Agora, com o fim do auxílio emergencial a realidade da pandemia deve mostrar sua face mais dura para as famílias mais pobres, e, as incertezas para milhões de famílias quanto ao futuro deve ser a somatória da preocupação dos governantes com o efeito catastrófico da covid-19 para a população menos favorecida, que vive à margem da pobreza.