top of page

NOS ACOMPANHE E NOS SIGA NAS REDES SOCIAIS

  • Instagram
  • Facebook
  • X
  • TikTok
  • Youtube
  • Soundcloud
  • Whatsapp
  • Telegram
  • Foto do escritorRedação

VÍDEO| Governo deve lançar programa 'Voa Brasil', com passagens aéreas a R$ 200, no dia 5 de fevereiro

Previsão é que projeto emita 6 milhões de bilhetes; primeiros contemplados vão ser aposentados e estudantes do Prouni

O programa 'Voa Brasil', programa que vai possibilitar a venda de passagens aéreas a R$ 200, deve ser lançado no dia 5 de fevereiro. A previsão foi confirmada pela assessoria do Ministério de Portos e Aeroportos nesta quarta-feira (24). A previsão do governo é que sejam comercializados 6 milhões de bilhetes em 2024. O programa tem como objetivos incentivar o turismo nacional e o desenvolvimento regional, promovendo inclusão social.


 

VEJA TAMBÉM


Nesta primeira fase, o programa vai contemplar aposentados federais que não tenham viajado nos últimos 12 meses e recebam até dois salários mínimos mais os alunos do Programa Universidade para Todos (ProUni). A expectativa do Ministério de Portos e Aeroportos é que cerca de 5 milhões de CPFs que não viajam passem a voar a partir dos descontos oferecidos pela iniciativa.


O programa tem como objetivos incentivar o turismo nacional e o desenvolvimento regional, promovendo inclusão social. A ideia é tornar as viagens de avião acessíveis a mais brasileiros e impulsionar o deslocamento dentro do país, principalmente para localidades menos atendidas por esse tipo de transporte.


O ministro tem a intenção de criar "um Voa Brasil internacional", para viabilizar a ida de estudantes ao exterior, com bolsas. "O aluno de escola pública que quer fazer um curso em Cambridge, em Harvard, não tem condições. Essa pode ser uma proposta que venha a surgir nesse programa. Estamos trabalhando com as companhias aéreas para fazer um belo programa", afirmou na ocasião.


112 milhões de passageiros em 2023

O setor aéreo brasileiro movimentou mais de 112 milhões de passageiros em 2023. Foi a primeira vez que os resultados do setor ultrapassaram 100 milhões de passageiros anuais desde o início da pandemia em 2020.

O setor teve um aumento de 15,3% em relação a 2022. No entanto, o resultado ainda ficou abaixo do registrado em 2019. O aeroporto de Guarulhos, na grande São Paulo, foi o que recebeu mais voos, 14,7% de todo fluxo doméstico do país e 32% do internacional.


Na sequência aparecem Congonhas, na capital paulista e o aeroporto de Brasília. Os dados foram divulgados nesta segunda-feira (22) pelo Ministério do Turismo e de Portos e Aeroportos.







Comments


Role para baixo e veja mais notícias

Todos os temas tratados neste veículo de comunicação, mesmo conteúdos que expressam opinião, são obedientes ao critério jornalístico relacionado a fatos e acontecimentos, dentro do direito à liberdade de expressão, assegurado na Constituição Federal do Brasil, sem qualquer intenção ou motivação pessoal de agredir pessoa alguma, tão somente expressar de forma legítima o DIREITO de opinar sobre fatos verídicos e acontecimentos reais, no amplo exercício de um jornalismo livre e plural.

 

Antonio Marcos Nunes dos Santos

Jornalista - Registro 0006829/BA  

00_edited.jpg
PC CA.png
bottom of page