top of page

NOS ACOMPANHE E NOS SIGA NAS REDES SOCIAIS

  • Instagram
  • Facebook
  • X
  • TikTok
  • Youtube
  • Soundcloud
  • Whatsapp
  • Telegram
  • Foto do escritorRedação

Hospital público de Belmonte envolvido em mais um escândalo



O site belmontenews publicou na sua edição do dia 30 de maio, mais um escândalo envolvendo o principal equipamento de saúde pública da cidade, o Hospital Pinto Dantas.


Segundo o site, o mesmo personagem envolvido numa suposta filmagem clandestina comprometedora com funcionários da unidade em atos sexuais dentro da unidade de saúde pública, seria agora acusado de abuso sexual no momento que realizava um exame de raio-x em uma paciente jovem com toques não autorizados em partes do corpo da jovem, após o funcionário acusado de abuso ter trancado a porta do local onde era realizado o procedimento.


A matéria ainda registra que a situação não evoluiu para algo mais grave porque a vítima chamou uma profissional de enfermagem e pediu que a polícia fosse acionada. A publicação diz que somente foi comunicado o fato a direção da unidade hospitalar sem a presença da força policial. Um Boletim de Ocorrência foi registrado posteriormente pela vítima.


Este é o segundo caso que repercute dentro das dependências do Hospital com natureza de cunho sexual envolvendo o mesmo personagem como pivô. No primeiro caso que envolveu até mulheres casadas, onde uma suposta filmagem revelava relações sexuais com casos extraconjugais praticados nas dependências do local nunca foi apurado, a suposta filmagem nunca apareceu, agora mais um lamentável episódio. Que neste caso novo caso seja apurado e cumpra-se os rigores da lei.

Comments


Role para baixo e veja mais notícias

Todos os temas tratados neste veículo de comunicação, mesmo conteúdos que expressam opinião, são obedientes ao critério jornalístico relacionado a fatos e acontecimentos, dentro do direito à liberdade de expressão, assegurado na Constituição Federal do Brasil, sem qualquer intenção ou motivação pessoal de agredir pessoa alguma, tão somente expressar de forma legítima o DIREITO de opinar sobre fatos verídicos e acontecimentos reais, no amplo exercício de um jornalismo livre e plural.

 

Antonio Marcos Nunes dos Santos

Jornalista - Registro 0006829/BA  

00_edited.jpg
PC CA.png
bottom of page