BANNER-INTERNET-728-x-90.gif
Leia Também
  • Antonio Marcos Nunes

Janeiro de 2022 foi o ano em que mais morreram baianos em 19 anos


Imagem Ilustrativa - Bahia tem janeiro com mais óbitos desde 2003

Segundo indicadores da Associação dos Registradores Civis das Pessoas Naturais do Estado da Bahia (Arpen/BA), o mês de janeiro deste ano de 2022 foi o mais letal para os baianos, sendo o que mais teve óbitos desde o início da série histórica começada em 2003. De acordo com dados da Arpen, comparados com o mesmo período de 2021, em janeiro de 2022 morreram 9.936 pessoas no estado da Bahia, sendo a pneumonia a doença que mais matou baianos, com 947 óbitos anotados, em segundo lugar aparece a septicemia, matando 805 indivíduos; já em terceiro lugar as doenças cardiovasculares e o AVC, juntos, são os responsáveis pela morte de 1.353 pessoas. Fechando os números das doenças mais fatais no estado da Bahia, aparecem os óbitos por insuficiência respiratória em quarto lugar com 638 mortes, e, em quinto a covid com 561.


O aumento dos casos de covid e da gripe pelo vírus influenza H3N2, podem ter sido as causas do aumento dos falecimentos por pneumonia. Com alta de 32% para doenças cardiovasculares específicas, teve o AVC (Acidente Vascular Cerebral - derrame) aumento de 13,4% nas mortes e o infarto do miocárdio 1,2%.


Aumentaram em 156,4% as mortes por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) em janeiro deste ano, na comparação com janeiro de 2021, enquanto houve uma redução de 58,58% dos óbitos por covid-19.


Os número de óbitos registrados em janeiro de 2022 pode aumentar, assim como a variação da média anual e do período. Isso porque os prazos para registros de óbitos chegam a prever um intervalo de até 15 dias entre o falecimento e o lançamento do registro na base de dados dos cartórios brasileiros.


Veja a baixo o ranking das cidades onde houveram mais e menos mortes em janeiro de 2022:


Cidades com mais mortes em janeiro:

Salvador - 1696

Feira de Santana - 443

Vitoria da Conquista - 283

Itabuna - 241

Ilhéus - 230

Juazeiro - 169

Jequié - 159

Camaçari - 153

Alagoinhas - 143

Barreiras - 130

Cidades com menos mortes em janeiro:

Aurelino Leal - 1

Novo Triunfo - 1

Rodelas - 1

Aiquara - 2

Elísio Medrado - 2

Ichu - 2

Itaju do Colônia - 2

Lençóis - 2

Paripiranga - 2

Umburanas – 2

Principais causas de óbitos na Bahia

- Pneumonia: 947 casos

- Septicemia: 805 casos

- AVC: 713 casos

- Causas Cardiovasculares: 640

- Insuficiência respiratória: 638

- Covid -19: 561


Com Informações - Associação dos Registradores Civis das Pessoas Naturais do Estado da Bahia (Arpen/BA)