top of page

NOS ACOMPANHE E NOS SIGA NAS REDES SOCIAIS

  • Instagram
  • Facebook
  • X
  • TikTok
  • Youtube
  • Soundcloud
  • Whatsapp
  • Telegram
  • Foto do escritorRedação

Jorge Maécio vê na indicação do deputado Neto Carletto a vice-líder do governo na câmara federal uma grande conquista para a região


O deputado federal do PP baiano, Netto Carletto, foi indicado pelo presidente da República para exercer a função de vice-líder do governo na Câmara Federal com vistas no fortalecimento dos trabalhos na mais alta Casa Legislativa do país.


 

Nesta nova função, o progressista baiano será responsável por conduzir as pautas governistas na Casa Legislativa, assim como intermediar o diálogo com os demais parlamentares.

“Quero agradecer ao presidente Lula pela indicação e também aos meus amigos, deputado federal Dr. Luizinho e ao deputado federal e líder do Governo na Câmara, José Guimarães, pelo apoio incondicional. Podem contar comigo para apoiar pautas propositivas para o país”, declarou Neto.


Ao comentar a indicação, o presidente da Câmara Municipal de Eunápolis, Jorge Maécio Pires, também do Progressista, disse que “a indicação mostra o desempenho efetivo do mandato de Neto Carletto em Brasília e também garante, para a base aliada, musculatura política capaz de reivindicar ações de interesse dos municípios baianos, especialmente para o extremo sul do estado, junto ao Governo Federal”.


Apostando no potencial do jovem candidato, Jorge Maécio e seu grupo de aliados atuaram de forma significativa na campanha eleitoral de Neto Carletto em 2022 quando o parlamentar foi o mais votado para Brasília nas eleições proporcionais em toda história de Eunápolis, com a preferência de quase 10 mil eleitores, o equivalente a 16,4% dos votos.

Comments


Role para baixo e veja mais notícias

Todos os temas tratados neste veículo de comunicação, mesmo conteúdos que expressam opinião, são obedientes ao critério jornalístico relacionado a fatos e acontecimentos, dentro do direito à liberdade de expressão, assegurado na Constituição Federal do Brasil, sem qualquer intenção ou motivação pessoal de agredir pessoa alguma, tão somente expressar de forma legítima o DIREITO de opinar sobre fatos verídicos e acontecimentos reais, no amplo exercício de um jornalismo livre e plural.

 

Antonio Marcos Nunes dos Santos

Jornalista - Registro 0006829/BA  

00_edited.jpg
PC CA.png
bottom of page