Leia Também
  • cdn24horas

Moradores de Belmonte ignoram atuais vereadores e querem novos nomes


Cansados da subserviência dos atuais vereadores da cidade, a população de Belmonte se movimenta numa campanha silenciosa para expurgar da vida pública os atuais legisladores do município. Com dois representantes em Santa Maria Eterna, quatro em Barrolândia e cinco na sede, a atual legislatura entra para a história como a mais inoperante de todos os tempos. Com dois mandatos consecutivos de dois anos cada à frente da casa de leis, o presidente do legislativo municipal, vereador Aelson Matos (Calango) tem muito o que explicar para o povo a razão e o porque do baixo rendimento dos legisladores no quadriênio que está como presidente. O aparelhamento do legislativo municipal para atender os interesses do prefeito e seu irmão, o deputado Jânio Natal, sempre foi evidente, e fica mais lógico agora com a atual composição política que irá disputar as eleições municipais, em que pese o fato de apenas o vereador Beto de Barrolândia não apoiar o grupão da coalizão entre os grupos políticos de Jânio Natal e Iêdo Elias, em que tornaram-se um só grupo, em suma, a realidade da cidade poderias ser outra se a postura dos vereadores também tivesse sido outra.