BANNER-INTERNET-728-x-90.gif
Leia Também
  • Antonio Marcos Nunes

Mulher foi assassinada enquanto trabalhava na colheita de café, ex-marido é o principal suspeito


Luana foi assassinada enquanto colhia café em uma fazenda

Luana Correia Gonçalves, 24 anos, foi barbaramente assassinada na quarta-feira (27), a golpes de facão enquanto trabalhava em uma fazenda na colheita de café, próximo a cidade de Itamaraju, Extremo Sul baiano. A suspeita é que o ex-marido de Luana, Gidevaldo Oliveira de Jesus, seja o autor do crime; ela havia terminado o relacionamento com o suspeito a três semanas, mas o ex-marido de Luana não aceitava o término da relação.


Givaldo pode ter assassinado a ex-mulher

A Polícia Civil informou que Luana trabalhava na colheita de café, na Fazenda Paraíso, quando, segundo testemunhas, foi surpreendida pelo homem que a atacou com golpes de facão e fugiu utilizando uma motocicleta.

Há suspeitas que o possível autor do crime esteja escondido em fazendas na região. A polícia investiga a verdadeira autoria e motivação do crime.