Leia Também
  • cdn24horas

O imbróglio do lixo, Prefeito de Belmonte acusa empresa de não ter pago GARIS


Em vídeo prefeito responsabiliza empresa Magnata

Os garis pararam de coletar o lixo na cidade de Belmonte, na sexta-feira (11), em decorrência do não pagamento dos seus vencimentos. A explicação seria a data do repasse da prefeitura para a empresa Magnata, responsável pelos serviços de limpeza pública no município.


A empresa disse a um site da cidade que fará o pagamento dos garis na segunda-feira (14). Em um vídeo o gestor da cidade, Bebeto Gama (PP) diz que fez o repasse para a empresa Magnata no dia 11, sexta-feira, esquivando-se da responsabilidade, e ainda disse que os garis não são funcionários da prefeitura, mas sim da empresa Magnata, daí não receberem na data dos servidores municipais.


Vale ressaltar a confusão da licitação milionária do lixo na cidade, que vem se arrastando na justiça, situação que deve perdurar com novo pregão eletrônico previsto para os próximos dias.


A Câmara de Vereadores, deve ser mais operante e fazer valer seu papel fiscalizador sobre a escabrosa situação, além do MP ficar em alerta, diante dos fatos envolvendo a coleta de lixo no município.


Entenda o caso

A empresa Magnata, deliberadamente, deixou sem os serviços de coleta de lixo o município de Belmonte, no sábado (12), diante da reclamação dos Garis pelo não pagamento dos seus vencimentos mensais. A empresa acusa que recebeu o repasse do município no dia 11, sexta-feira, em horário que não permitiu a efetivação do pagamento, já por sua vez o prefeito se esquiva de responsabilidade com os garis e em um vídeo, responsabiliza a empresa Magnata, esclarecendo que os garis não são funcionários do município, mas sim da empresa prestadora.