BANNER-INTERNET-728-x-90.gif
Leia Também
  • Antonio Marcos Nunes

Os afilhados de Otto Alencar e a saga enlameada do PSD no Extremo sul baiano


Otto Alencar, ao lado da médica Nise Yamaguchi

O Senador da República, Otto Alencar, presidente do PSD baiano, padrinho político do casal fraterno, Robério Oliveira e sua esposa Cláudia, além do prefeito de Cabrália, irmão de Cláudia, Agnelo Santos, ambos do PSD, ao dá seus 'pitacos' de médico na CPI Covid, foi de extrema deselegância e afrontoso com uma médica, mulher e educada, gerando desconforto entre a classe médica, culminando na representação contra ele no CFM (Conselho Federal de Medicina), por sua postura e por se anunciar ortopedista, sem o ser.

Valendo-se da condição de senador, Otto anuncio-se ortopedista, enquanto de forma jocoso e mal educada, tentava trazer embaraços a renomada imunologista e oncologista, Drª Nise Yamaguchi, no entanto, o senador não tem registro como ortopedista no CRM-BA.

Mas, vamos, lá... Otto, que é o senhor do PSD baiano, e por consequência apadrinha o casal Robério, Cláudia e também Agnelo, deveria está devotado em lamentar o mangue que seu partido, o PSD, tem vivido no Extremo Sul do Estado da Bahia, patrocinado pelos escândalos da família Oliveira, que estampam com frequência as páginas policiais de todo país, em que são visto, como ávidos em se apropriarem do erário público.

O estilo debochado de desdenhar uma renomada especialista, deveria muito bem se aplicar aos escândalos quase sucessivos de seus maiores cabos eleitorais no Extremo Sul, afinal, seus representantes aqui tem como especialidade debochar da cara do povo.