top of page

NOS ACOMPANHE E NOS SIGA NAS REDES SOCIAIS

  • Instagram
  • Facebook
  • X
  • TikTok
  • Youtube
  • Soundcloud
  • Whatsapp
  • Telegram
  • Foto do escritorRedação

Prefeita de Eunápolis no apagar das luzes quer aprovação da câmara para empréstimo milionário


250 Milhões, este é o valor do empréstimo que a gestora de Eunápolis quer que a Câmara Municipal aprove. O curioso é que, a cifra multimilionário está na pauta da última sessão do ano, nesta quarta-feira (28), ou seja, no apagar das luzes, e, como camaflugem a gestora está usado o tardio reajuste dos educadores, que já deveria ter sido negociado a oito meses atrás, mas a gestão preferiu o embate com a categoria, tendo como consequência direta uma greve histórica, jamais vista na educação brasileira, prejudicando todo alunado do município.

Sob a justificativa de recuperar a estrutura urbana danificada pelas chuvas, a prefeita apela para um endividamento milionário para o município. Agora a decisão está nas mãos da câmara municipal e, só os edis podem aceitar ou não que os eunapolitanos fiquem endividados em 250 milhões, afinal, são eles que terão de explicar essa conta para o eleitor, que vai pagar a conta.

2 Comments


Rafael Araújo
Rafael Araújo
Dec 26, 2022

Mais um sinal dessa péssima gestão. Os vereadores não podem aprovar mais um rombo na prefeitura

Like

Daniel de Jesus Oficial
Daniel de Jesus Oficial
Dec 25, 2022

A paz bom dia tudo bem com vocês fez tantas promessas infudandas, que não conseguiu cumprir agora quase no final do mandato dela que deixar esse roubo nos confris público.E um desastre essa gestão. Não melhorou em nada a cidade. O povo tem que morrer a míngua, pois eles só se preocupar. Com eles mesmo .

Like

Role para baixo e veja mais notícias

Todos os temas tratados neste veículo de comunicação, mesmo conteúdos que expressam opinião, são obedientes ao critério jornalístico relacionado a fatos e acontecimentos, dentro do direito à liberdade de expressão, assegurado na Constituição Federal do Brasil, sem qualquer intenção ou motivação pessoal de agredir pessoa alguma, tão somente expressar de forma legítima o DIREITO de opinar sobre fatos verídicos e acontecimentos reais, no amplo exercício de um jornalismo livre e plural.

 

Antonio Marcos Nunes dos Santos

Jornalista - Registro 0006829/BA  

00_edited.jpg
PC CA.png
bottom of page