BANNER-INTERNET-728-x-90.gif
Leia Também
  • Antonio Marcos Nunes

Prefeita de Vitória da Conquista ignora decretos de Rui Costa e flexibiliza atividades


A partir desta terça-feira (13), até o dia 26 de abril de 2021, Vitória da Conquista tem novos horários para funcionamento do comércio, serviços, transporte coletivo e atividades religiosas, de acordo com decreto assinado pela prefeita Sheila Lemos(DEM), ignorando os decretos estaduais.

O funcionamento do comércio de rua vai até 19 horas e de bares e restaurantes e congêneres até 21 horas, obedecendo o máximo de quatro pessoas por mesa, além do distanciamento necessário entre mesas e cadeiras, conforme protocolo específico da categoria. Esse horário vai contra o determinado pelo governo do Estado, que permite bares e restaurantes a abrirem até 19h e o toque de recolher a partir das 20h.

Nos finais de semana fica proibido o consumo de bebidas alcoólicas em vias, praças e locais públicos.

O secretário municipal de Administração e coordenador do Comitê de Gestão de Crise da Pandemia do Coronavírus, Kairan Rocha Figueiredo, explicou que no entendimento da gestão municipal as medidas determinas pelo governo do estado geravam uma maior aglomeração na cidade.

"A gente sempre colocou que o toque de recolher traria maiores aglomerações. A gente vem tentado o diálogo com o governo desde março, nós sempre tentamos e sugerimos essa organização do escalonamento. A gente pede que a população siga o decreto municipal, a gente entende que é o mais efetivo", afirmou Figueiredo.


Veja como ficaram os novos horários:

transporte público coletivo – 05h às 22h; prestação de serviços – 08h às 18h; academias, com exceção de aulas coletivas – 06h às 21h; comércio de rua – 09h às 19h (segunda a sexta-feira) e 08h às 12h (sábado); bares, restaurantes e congêneres – até às 21h; shopping centers – 10h às 20h; serviços de delivery – até à 00h; atos religiosos litúrgicos, com capacidade máxima de lotação de 30% – até às 22h.


bnews