top of page
CDN 24H 300X250.png
  • Foto do escritorRedação

Prefeitura de Itabela promove ação conjunta para população de rua na cidade


mulheres e homem na rua

As pessoas em situação de rua tem direitos fundamentais que devem ser respeitados, implementados e efetivados. Nesse sentido, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, Trabalho e Habitação, por meio do CREAS, e em parceria com o CadUnico e com a Secretaria de Saúde, realizou nesta terça-feira, 08 de agosto, ação conjunta voltada para o atendimento desse público.


A abordagem foi desenvolvida por uma equipe composta por profissionais de diversas áreas de atuação, e foram realizadas várias atividades de atendimento, identificando as principais necessidades do usuário, além de acompanhamento especializado, orientação sobre direitos, entrega de kit higiene, encaminhamento para a rede de serviços, estímulo ao convívio familiar, social e em grupo.


A SEDESTH também ressaltou que a ação faz parte de um trabalho contínuo realizado durante todo o ano para alcançar e auxiliar essas pessoas em estado de vulnerabilidade, buscando através do atendimento humanizado garantir seus direitos.


Para a coordenadora do CREAS, Edilene Brito, “conhecer os que vivem nas ruas, identificar suas necessidades sociais e a complexidade de seu processo saúde-doença, assim como os motivos que os levaram às ruas é condição sine qua non para a construção de um modelo de atenção universal, equânime e integral”.


Conforme definição da Secretaria Nacional de Assistência Social, a população em situação de rua se caracteriza por ser um grupo populacional heterogêneo, composto por pessoas com diferentes realidades, mas que têm em comum a condição de pobreza absoluta, vínculos interrompidos ou fragilizados e falta de habitação convencional regular, sendo compelidas a utilizar a rua como espaço de moradia e sustento, por caráter temporário ou de forma permanente.


Entre os principais fatores que podem levar as pessoas a irem morar nas ruas estão: ausência de vínculos familiares, perda de algum ente querido, desemprego, violência, perda da autoestima, alcoolismo, uso de drogas e doença mental.



ASCOM

  • Instagram
  • Facebook
  • YouTube

Nos siga nas redes sociais.
Curta, comente e compartilhe!

Role para baixo e veja abaixo mais notícias

Todos os temas tratados neste veículo de comunicação, mesmo conteúdos que expressam opinião, são obedientes ao critério jornalístico relacionado a fatos e acontecimentos, dentro do direito à liberdade de expressão, assegurado na Constituição Federal do Brasil, sem qualquer intenção ou motivação pessoal de agredir pessoa alguma, tão somente expressar de forma legítima o DIREITO de opinar sobre fatos verídicos e acontecimentos reais, no amplo exercício de um jornalismo livre e plural.

 

Antonio Marcos Nunes dos Santos

Jornalista - Registro 0006829/BA  

00.JPG
728x90-min.gif
Veja Também
PC CA.png
bottom of page