BANNER-INTERNET-728-x-90.gif
Leia Também
  • Antonio Marcos Nunes

Presidente da câmara de Belmonte blinda prefeito em CPI e comete atos ilegais, denuncia vereadores

Por belmontenews

A guerra da Comissão Parlamentar de Inquérito que irá investigar o processo da compra de combustíveis da Prefeitura de Belmonte, durante a gestão Bebeto Gama, denominada (CPI dos combustíveis), já começou e nesta quarta-feira (31/08) os vereadores Luciano de Boca do Córrego e Paulinho de Papau, ambos da oposição, protocolaram um requerimento na mesa diretora da Câmara de Vereadores denunciando ilegalidades nas indicações dos componentes da CPI supostamente cometidas pelo Presidente Luluca da Ambulância, que buscou tão somente garantir que a maioria da comissão fosse formada pelos vereadores aliados do Prefeito Bebeto Gama, para que assim, eles pudessem controlar as investigações e blindar o gestor.


Vereadores dizem que Presidente Luluca desrespeitou critério de Primeiro Signatário em indicações da CPI.

No documento, os dois vereadores apontam que o Presidente Luluca da Ambulância não respeitou o critério de que é membro nato da comissão o “Primeiro Signatário”, que é o primeiro vereador que assinou o requerimento inicial para a instauração da CPI, que foi o Vereador Paulinho de Papau, por esse critério, o edil seria o ocupante da primeira vaga. A segunda vaga seria do PCdoB por ter a maior representatividade na casa, nesse caso está sendo ocupada pelo Vereador Luciano de Boca do Córrego. Nota-se que nesses casos duas vagas, de acordo com os preceitos legais já estariam preenchidas.


Vereadores também acusam o Presidente Luluca de ter desrespeitado os critérios de empate e de representação das minorias.

Ainda continuando o rosário de ilegalidades, que segundo os dois vereadores, teriam sido cometidas pelo Presidente Luluca da Ambulância, a terceira vaga sairia do empate de representatividade entre os partidos PP,PSD e PT, onde o Vereador Luluca indicou, sem qualquer sorteio, o Vereador Catiano Reis. Partindo do presuposto que, deste bloco, já tenha saído o “Primeiro Signatário” que seria o Vereador Paulinho de Papau, essa vaga ficaria para o membro representante da minoria que seria disputada pelos vereadores Beto do Sindicato e Orlando Valter (Turista), onde Turista ganharia a vaga por ser o vereador com mais idade e com o maior número de mandatos.

Os dois vereadores afirmaram à nossa reportagem que o Presidente Luluca da Ambulância tentou se aproveitar das omissões do regimento interno da casa sobre os critérios das Comissões Parlamentares de Inquérito e quis usar para isso o Artigo 290, onde os casos não previstos estão sob decisão do Presidente. “O que acontece é que o regimento está errado, desatualizado e não segue os preceitos gerais adotados pelo resto da federação. O Presidente acha que Belmonte é um mundo paralelo onde quem manda é ele, o Prefeito Bebeto Gama e seus vereadores aliados. Isso vai mudar nem que tenhamos que recorrer à Justiça.” – Comentou o Vereador Luciano de Boca do Córrego.