Leia Também
  • cdn24horas

Presidente da Policlínica Regional está envolvido em ação judicial por desvio de recursos público


O principal equipamento de saúde pública de média complexidade da Costa do Descobrimento, a Policlínica Regional, localizada na cidade de Eunápolis, é a responsável por ofertar saúde a mais de duzentos mil munícipes de sete cidades pactuadas.


Com envolvimento em desvio de dinheiro público, o prefeito de Santa Cruz Cabrália, Agnelo Santos (PSD), aliado ferrenho de Rui Costa (PT), está na presidência do Consórcio que administra a Policlínica, entretanto, o que chama a atenção é o envolvimento direto do alcaide de Cabrália em desvios de recursos público e, por duas vezes ter sido afastado da função de prefeito da cidade que governa pela justiça, por implicações em atos criminoso contra o erário. Entre as acusações estão duas Ações Civil Pública, apontadas pelo Ministério Público com irregularidades em licitações do fornecimento da Merenda Escolar e do Transporte Escolar.


Agnelo, é irmão da prefeita Cláudia Oliveira e cunhado de Robério Oliveira, que recentemente foram presos pela Polícia Federal, em presídios de Eunápolis e Teixeira de Freitas, como desdobramento da Operação Fraternos, da PF e MPF, que aponta desvio multimilionário da cifra estratosférica da ordem de mais de 200 milhões de reais, dinheiro que daria para construir cerca de dez policlínicas semelhantes a que Agnelo está presidindo.


Ação judicial transitando na justiça, em que aparecem, Robério Oliveira, Cláudia Oliveira e Agnelo Santos, como mentores de uma das maiores organizações criminosas de desvio de recursos públicos do país, a ação penal está em estágio avançado e por efeito, Agnelo, tanto como prefeito, quanto como presidente da Consórcio que administra a policlínica, pode a qualquer momento ser alvo de nova afastamento das funções públicas, a exemplo do que já vem acontecendo.