top of page

NOS ACOMPANHE E NOS SIGA NAS REDES SOCIAIS

  • Instagram
  • Facebook
  • X
  • TikTok
  • Youtube
  • Soundcloud
  • Whatsapp
  • Telegram
  • Foto do escritorRedação

Pressão do governo Cordélia esbarra na coerência do presidente da Câmara


pessoas conversam numa mesa
Sessão na manhã de quinta-feira, dia 28.

Acostumados a pressionar seus vereadores aliados na câmara municipal, a gestão de Eunápolis tem tido dificuldades para ter êxito nas investidas, esbarrando na coerência do vereador Jorge Maécio, presidente da casa de leis.

homens olham livro
Com a lei nas mãos tem sido tomas as decisões

Na manhã de quinta-feira (28), Maécio mais uma vez confrontou as afrontas vindas da atual gestão, quando quiseram atropelar o regimento e a legalidade dos atos legislativos, tentando impor que fosse colocando em votação um requerimento que pede a anulação do Processo de Cassação da gestora eunapolitana, embora o requerido afronta as condutas legais, invade atribuições e esvazia a instituição como representante do povo e tenta a revelia do processo legal invalidar fatos verídicos, sob pretexto de atender aos ânimos do momento, até porque parte dos vereadores requerentes são os mesmo que acataram e deram seguimento a denúncia contra a prefeita.


Garantido pelo alimento da lei, sob a luz da constituição federal e da obediência irrevogável ao critério da legalidade, o presidente do legislativo, recebeu o requerimento no entanto não o colocou para votação, entendo que a pauta merece minuciosa análise jurídica.

Comments


Role para baixo e veja mais notícias

Todos os temas tratados neste veículo de comunicação, mesmo conteúdos que expressam opinião, são obedientes ao critério jornalístico relacionado a fatos e acontecimentos, dentro do direito à liberdade de expressão, assegurado na Constituição Federal do Brasil, sem qualquer intenção ou motivação pessoal de agredir pessoa alguma, tão somente expressar de forma legítima o DIREITO de opinar sobre fatos verídicos e acontecimentos reais, no amplo exercício de um jornalismo livre e plural.

 

Antonio Marcos Nunes dos Santos

Jornalista - Registro 0006829/BA  

00_edited.jpg
PC CA.png
bottom of page