top of page
  • Foto do escritorAntonio Marcos Nunes

Qual leitura deve ser feita da entrega da ambulância pela deputada ao HRE


Na manhã de segunda-feira, dia 13, a deputada estadual, Cláudia Oliveira (PSD) esteve no principal equipamento público de saúde eunapolitano, o HRE (Hospital Regional de Eunápolis). A ida da parlamentar teve como causa a entrega de uma ambulância totalmente equipada para servir a população; fruto de indicação sua para atender ao povo que precisa. O curioso nesse fato, são narrativas imbecilizadas que tentam tornar sem valor e sem efeito a entrega da ambulância pela parlamentar, simplesmente para atender as ordens e os caprichos de quem teve a oportunidade de construir com as mãos, no entanto, derrubou com os pés.


O minimo que se esperava de todos que estão na órbita do poder municipal, sendo pagos com o dinheiro do povo seria um gesto de gratidão, digno de aplausos, até porque, olha-se no horizonte da política eunapolitana e ninguém vê e nem sabe onde estão os deputados Robinho e Elmar Nascimento, votados nesta cidade com a chancela da atual gestão, mas a deputada estava no hospital, fazendo valer a confiança que o povo lhe conferiu.


É preciso ter maturidade e coerência, e de forma inteligente entender quê o que vem para nos ajudar, merece respeito independente de correntes políticas e, devemos assimilar o benefício, antes de tentar distorcer o bem que nos foi feito. Que sirva de lição o ato da deputada e quem sabe a gestora e seus deputados possam fazer uma visita também ao Regional com o mesmo propósito que levou Cláudia até ali.


Parabéns ao Diretor Lúcio França pela postura ao receber a doação da ambulância, esperamos que não sofra nenhuma represália.


Que assim seja!


1 comentário


Convidado:
19 de nov. de 2023

Visando as eleições do ano que vem colocar alguém deles para concorrer o pleito do próximo ano só isso única explicação.

Curtir

NOS ACOMPANHE E NOS SIGA NAS REDES SOCIAIS

  • Instagram
  • Facebook
  • X
  • TikTok
  • Youtube
  • Soundcloud
  • Whatsapp
  • Telegram

Role para baixo e veja mais notícias

Todos os temas tratados neste veículo de comunicação, mesmo conteúdos que expressam opinião, são obedientes ao critério jornalístico relacionado a fatos e acontecimentos, dentro do direito à liberdade de expressão, assegurado na Constituição Federal do Brasil, sem qualquer intenção ou motivação pessoal de agredir pessoa alguma, tão somente expressar de forma legítima o DIREITO de opinar sobre fatos verídicos e acontecimentos reais, no amplo exercício de um jornalismo livre e plural.

 

Antonio Marcos Nunes dos Santos

Jornalista - Registro 0006829/BA  

00_edited.jpg
728x180-min.gif
PC CA.png
bottom of page