BANNER-INTERNET-728-x-90.gif
Leia Também
  • Antonio Marcos Nunes

"Quem não se comunica se trumbica", o jogo que dá voz ao novo governo de Eunápolis


A primeira impressão que se tem, quando o assunto é a comunicação na nova gestão em Eunápolis, vê-se um jogo de interesses que vai além de falar em nome de um governo recém formado, e diga-se, governo que tem a gritante necessidade de se comunicar. No labirintoso caminho de falar com o povo em nome de uma gestão, a pompa, de quem pensa saber tudo, quando na verdade não sabe nada, e a pose daqueles que por aqui chegaram importados pelas circunstâncias e sequer conhecem a história da história, estão na verdade navalhando o diálogo; no velho e viscoso costume de garimpar por aqui, e por ali. E, mais, chegam se alargando, tentando sufocar gente que sabe o que fala, para agenciar seus próprios interesses. Enfim, ao longo de alguns idos 32 anos embrenhados na política, nunca vi a necessidade de se acender o sinal de alerta tão cedo, afinal, "quem não se comunica se trumbica".