top of page

NOS ACOMPANHE E NOS SIGA NAS REDES SOCIAIS

  • Instagram
  • Facebook
  • X
  • TikTok
  • Youtube
  • Soundcloud
  • Whatsapp
  • Telegram
  • Foto do escritorRedação

Reportagem do SBT fica no meio da linha de fogo entre a polícia e bandidos


Um repórter e um cinegrafista ficaram no meio do fogo cruzado durante uma matéria nesta terça-feira (28), no Complexo da Penha, no Rio de Janeiro.

A equipe de reportagem é do SBT Rio e os dois ficaram perto de um policial enquanto a troca de tiros acontecia. A situação foi tão tensa, que o repórter e o cinegrafista tiveram que deitar no chão atrás de um carro para se protegerem.

"Olha só esse cenário. Um dos mais emblemáticos aqui do Complexo da Penha. O policial está ali, posicionado, mas neste momento acaba de chegar a equipe do Bope [Batalhão de Operações Policiais Especiais] no blindado", disse Jackson Silva.

Desesperado, ele revelou que os traficantes estavam mais assertivos contra a polícia e os tiros aumentaram a cada momento. "Além dos tiros de fuzil, os bandidos estão lançando granadas contra os PMs", contou.

No estúdio, a apresentadora Isabele Benito comenta que nem os policiais estavam esperando a troca de tiros e fica aflita com a situação vivida pelo colega de profissão.

"Jackson Silva acompanhou esse tiroteio e passou por algumas situações. Para você ter uma noção, para o repórter, o microfone é igual a uma arma para o policial, ou seja, ele não esquece. O Jackson largou o microfone, coisa que nunca vi ele fazendo. Daí você vê, tamanha a surpresa", finalizou.



Comentarios


Role para baixo e veja mais notícias

Todos os temas tratados neste veículo de comunicação, mesmo conteúdos que expressam opinião, são obedientes ao critério jornalístico relacionado a fatos e acontecimentos, dentro do direito à liberdade de expressão, assegurado na Constituição Federal do Brasil, sem qualquer intenção ou motivação pessoal de agredir pessoa alguma, tão somente expressar de forma legítima o DIREITO de opinar sobre fatos verídicos e acontecimentos reais, no amplo exercício de um jornalismo livre e plural.

 

Antonio Marcos Nunes dos Santos

Jornalista - Registro 0006829/BA  

00_edited.jpg
PC CA.png
bottom of page