BANNER-INTERNET-728-x-90.gif
Leia Também
  • Antonio Marcos Nunes

Saiba quem são os envolvidos no acidente trágico próximo a Mundo Novo na manhã de hoje


Maurício Santana Pessoa, obreiro da Igreja Evangélica Rosa de Saron era o condutor do fiat uno, envolvido no acidente, em que, cinco pessoas morreram na manhã de sexta-feira (16), próximo ao distrito de Mundo Novo. Entre as vítimas fatais, duas irmãs e a filha de uma delas. Morreram as irmãs, Josilene José dos Santos e Jocélia José dos Santos, e ainda, a filha de Jocélia, Leidiara Santos de Jesus, todas moradoras de Caiubi e membras da Igreja Evangélica Assembleia de Deus Canto da Vitória; a quarta vítima, Valdirene, frequentava a Igreja pastoreada por Maurício. O motoqueiro que veio a óbito ainda não foi identificado, mas sabe-se que trabalhava em uma farmácia em Itapebi.

Segundo publicação do Portal Radar64, a causa provável do acidente, de acordo com relatos do motorista de uma caçamba, seria a colisão da caçamba que conduzia na traseira do fiat uno conduzido por Maurício, arremessando o carro pequeno para a contramão, acontecendo a colisão frontal do fiat contra a moto e uma carreta que vinha em sentido contrário, resultando na tragédia. O caçambeiro alega ainda, segundo a publicação do Radar64, que a redução brusca da velocidade de uma carreta carregada de eucaliptos teria sido a razão do toque que arremessou o carro pequeno de encontro ao fatídico.

“Havia uma fila de veículos. Acabei tocando no Uno, que foi para a contramão e bateu de frente com a moto. Aí o Uno e a moto foram arrastados por uma carreta, que vinha em direção a Itagimirim”, relatou o caçambeiro ao Radar64.

A perícia irá determinar as circunstâncias do acidente.


Colaboração - Fábio Santos (Caiubi Noticias)

Informações - Radar64