top of page
campanha doação de órgãos e tecidos
  • Foto do escritorJornalismo

Secretário de Agricultura da Bahia reuniu-se com assentados para ouvir pauta dos pequenos produtores


pessoas sentadas em uma mesa de reunião

O Secretário de Agricultura do Estado da Bahia, Wallison Oliveira (Tum), reuniu-se no final da tarde desta sexta-feira (01/09) com representantes de quase uma dezena associações de agricultores familiares assentados para discutir as principais demandas das associações, especialmente a questão fundiária, regularização das propriedades que ainda não possuem título de utilidade pública e muito menos o título de posse ao produtor, essencial para obtenção de crédito e incentivos para produzir.


pessoas conversam numa mesa

O encontro em Eunápolis, agendado pelo deputado federal Neto Carletto (PP), contou também com as presenças do presidente da Câmara de Vereadores da cidade, Jorge Maécio, secretário de Meio Ambiente de Porto Seguro, Flamarion Matos, o presidente do Diretório Municipal do Avante, Ricardo Teixeira, empresários e imprensa.

O secretario de estado avaliou a iniciativa e se comprometeu a participar, junto com os assentados, da construção do Plano de desenvolvimento da Agricultura do Município de Eunápolis. Segundo ele “cada associação vai apontar quais são as suas demandas principais, para que a gente consiga, por meio do governo do estado, elencar as prioridades e tentar resolver parte disso”. Informou.

As principais reivindicações dos assentados abrangem, além da posse da terra, incentivos como estradas para escoamento da produção; aumento da capacidade de carga de água e energia, habitação, através do Programa Minha Casa Minha Vida Rural, crédito para o empreendedorismo feminino dentre outros.

Wallison Oliveira disse que vai levar a pauta das famílias ao governador Jerônimo Rodrigues, engenheiro agrônomo e entusiasta do conceito chamado de agroecologia. “Embora um dos focos da agricultura do município de Eunápolis seja a silvicultura de exportação, que atende à matriz econômica da região, é necessário fortalecer a agricultura familiar com fomento e assistência técnica, melhorando suas condições para que o pequeno produtor de 10 hectares, por exemplo, possa se organizar, produzir e ter uma renda o ano inteiro”. Completou.

Natanael Braga, do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadores Rurais de Eunápolis participou do encontro e saiu confiante. “Acreditamos que a partir desta data as perspectivas são boas”.

Estavam presentes os coordenadores dos Assentamentos “Baixa Verde”, “3 de Julho”, “Associação Miramar” e “Associação dos Agricultores Familiares do Aristeu Carvalho Lisboa” representando quase mil famílias assentadas aguardando a posse da terra.






  • Whatsapp
  • Instagram
  • Facebook
  • YouTube

Nos siga nas redes sociais.
Curta, comente e compartilhe!

Todos os temas tratados neste veículo de comunicação, mesmo conteúdos que expressão a opinião, são obedientes ao critério jornalístico relacionado a fatos, assegurado pelo direito à liberdade de expressão, régio direito contido na Constituição Federal do Brasil, sem qualquer intenção ou motivação pessoal de agredir pessoa alguma, tão somente a expressão legítima de opinar sobre os fatos verídicos e acontecimentos reais.

 

Antonio Marcos Nunes dos Santos

Jornalista - Registro 0006829/BA  

950x250-min.gif
Veja Também
PC CA.png
bottom of page