top of page
  • Foto do escritorRedação

Seis jovens mortos em acidente na BR 101, três eram irmãos


Um grave acidente na BR 101, na manhã de domingo, próximo ao trevo de acesso ao município de Arataca, deixou seis jovens mortos, entre eles três irmãos. O trágico acidente teria acontecido por volta das cinco horas da manhã, envolvendo um carro de passeio, modelo fiat uno e um ônibus de passageiros da empresa, Viação Águia Branca, que fazia a linha Vitória/ES a Itabuna/BA.


Os ocupantes do veículo menor, todos jovens entre, 15 e 32 anos de idade, foram retirados das ferragens pelo corpo de bombeiros. Equipes do SAMU foram acionadas e constatado seis óbitos ainda no local, com apenas uma sobrevivente em estado grave que foi removida para o hospital de Base em Itabuna. Eles estavam vindo do distrito de Pratas, no município de Arataca, onde está acontecendo festejos juninos. Os corpos foram removidos para o DPT de Itabuna.


Os passageiros e o motorista do ônibus nada sofreram, embora o ônibus tenha ficado bem avariado com o impacto da colisão. A prefeitura da cidade de Arataca cancelou os festejos juninos no distrito de Pratas e lamentou a mortes das vítimas. Os corpos serão sepultados na segunda-feira (19).


As vítimas foram:

José Paulo de Jesus Silva, de 25 anos; Paulo Ricardo de Jesus Silva, 24 anos; e Mariene de Jesus Reis, 32 anos. Eles são irmãos e moravam em São José da Vitória. As outras vítimas já identificadas são Jonatas Pereira dos Santos, de 23 anos, e Pâmela dos Santos Silva, 15. A sexta pessoa morta ainda não teve o nome divulgado.


A polícia investigas as causas do acidente.


crédito - fotos: blog do pimenta

Comments


NOS ACOMPANHE E NOS SIGA NAS REDES SOCIAIS

  • Instagram
  • Facebook
  • X
  • TikTok
  • Youtube
  • Soundcloud
  • Whatsapp
  • Telegram

Role para baixo e veja mais notícias

Todos os temas tratados neste veículo de comunicação, mesmo conteúdos que expressam opinião, são obedientes ao critério jornalístico relacionado a fatos e acontecimentos, dentro do direito à liberdade de expressão, assegurado na Constituição Federal do Brasil, sem qualquer intenção ou motivação pessoal de agredir pessoa alguma, tão somente expressar de forma legítima o DIREITO de opinar sobre fatos verídicos e acontecimentos reais, no amplo exercício de um jornalismo livre e plural.

 

Antonio Marcos Nunes dos Santos

Jornalista - Registro 0006829/BA  

00_edited.jpg
728x180-min.gif
PC CA.png
bottom of page