top of page

NOS ACOMPANHE E NOS SIGA NAS REDES SOCIAIS

  • Instagram
  • Facebook
  • X
  • TikTok
  • Youtube
  • Soundcloud
  • Whatsapp
  • Telegram
  • Foto do escritorRedação

Sem prevenção| Temporada de chuvas pode aumentar estragos em cidades da Costa do Descobrimento


Ponte caiu em abril, segundo a prefeitura, a licitação já foi realizada e outra ponte será construída no local

O calor intenso que vem assolando o país e a possibilidade de temporais no final de 2023 e início de 2024 são a via de mão dupla da realidade que vivem as cidades da Costa do Descobrimento. As duas cidades que mais ganham com a alta temperatura são os municípios de Santa Cruz Cabrália e Porto Seguro, que surfam na onda do calor, aquecendo sua economia, no entanto, quando grandes temporais a exemplo do que já vem ocorrendo nos últimos anos chegam, destroem a infraestrutura urbana, alagando ruas, deixando moradores desalojados ou desabrigados, gerando um caos sem precedentes para a população.


ponte caída
A ponte ainda não foi reconstruída

Vale ressaltar que em Santa Cruz Cabrália, já são quase oito meses em que uma importante ponte interligando a região central da cidade continua destruída, além de ruas, avenidas e bairros que sentem o reflexo da falta de ação do poder público na recuperação de tudo que foi destruído há mais de 240 dias.


praça alagada
Chuvas afetaram toda cidade, inundando casas e desabrigando moradores

A falta de uma política pública séria e comprometida com a realização de obras estruturantes que evitem o caos provocado pelas previsíveis chuvas torrenciais que se precipitam praticamente todos os anos na região acaba por deixar a população refém da sorte.


População se uniu numa corrente solidária de socorro às vítimas




Comments


Role para baixo e veja mais notícias

Todos os temas tratados neste veículo de comunicação, mesmo conteúdos que expressam opinião, são obedientes ao critério jornalístico relacionado a fatos e acontecimentos, dentro do direito à liberdade de expressão, assegurado na Constituição Federal do Brasil, sem qualquer intenção ou motivação pessoal de agredir pessoa alguma, tão somente expressar de forma legítima o DIREITO de opinar sobre fatos verídicos e acontecimentos reais, no amplo exercício de um jornalismo livre e plural.

 

Antonio Marcos Nunes dos Santos

Jornalista - Registro 0006829/BA  

00_edited.jpg
PC CA.png
bottom of page