BANNER-INTERNET-728-x-90.gif
Leia Também
  • Antonio Marcos Nunes

TCM mantém rejeição das contas do prefeito e do vice de Cabrália

Agnelo Santos (PSD), prefeito de Santa Cruz Cabrália, e Carlos Lero seu vice (PSC) tiveram suas contas do exercício financeiro 2018 mantida a rejeição pelo órgão de controle TCM, que na quarta-feira (10) manteve a decisão de rejeição com pagamento de multas, e devolução de 600 mil reais ao erário púbico. No final de 2017, Agnelo Santos foi afastado das suas funções como prefeito no município até meados de ano seguinte, acusado junto a irmã, Cláudia Oliveira (PSD) e o cunhado Robério Oliveira (PSD), gestores de Porto Seguro e Eunápolis respectivamente de desvio milionário da cifra de 200 milhões de reais, na operação FRATERNOS da Polícia Federal, ocasião, que ocupou a função de prefeito em Cabrália seu vice Carlos Lero (PSC), razão que teve julgamento e também está com o período que ficou como prefeito com as contas rejeitadas. Agnelo Santos terá suas contas agora remetidas para a câmara municipal de Cabrália, resta saber qual será a posição do legislativo...

Os vereadores e seu presidente Romali Pairana vão abraçar essa afronta? Vão passar por cima de parecer técnico do TCM e correr o risco, aprovando as contas brocadas? E ai presidente e vereadores, o que os senhores irão fazer pelo povo cabraliense? Com a câmara de Cabrália a resposta.


Vejam o vídeo da decisão do TCM:


  • Cinza ícone do YouTube