top of page
  • Foto do escritorAntonio Marcos Nunes

Aziz Ramos afirma: "A decisão está nas mãos do povo de Cabrália!"




O experiente, Aziz Ramos, indicado como pré-candidato a prefeito da cidade, apoiado pelo movimento criado pela população que atua em defesa de Cabrália, conhecido como MDC (Movimento de Defesa de Cabrália) tem adotado uma postura de apresentar para a população através de palestras e encontros os planos que tem para recuperar o município. Aziz que já foi vice-prefeito da vizinha Porto Seguro e foi um dos maiores impulsionadores do turismo na cidade, não aceita que Cabrália viva na sombra de Porto Seguro, mas que Santa Cruz Cabrália aparece em destaque na Costa do Descobrimento e possa ocupar seu lugar de direito.

Aziz tem focado na capacidade de geração de empregos diretos e indiretos capitaneados pelo mercado do turismo, e acredita que outras áreas da economia no município, a exemplo do meio-rural, com a enorme capacidade da produção agrícola, e ainda o fomento de pequenas atividades de empreendedorismo, tais como, pequenos comércios da economia popular, podem e devem ter atenção diferenciada do poder público para com políticas públicas sérias impulsionar a economia local num todo, além da realização de obras vitais, como melhoramento das estradas vicinais para escoamento da produção, requalificação e cuidado com os pontos turísticos; publicidade de Cabrália na mídia nacional e em países que buscam endereços turísticos; recuperação total das vias urbanas; novas escolas e melhoramento das atuais; saúde de qualidade e um hospital que realmente funcione, e, várias outras ações que só depende da população abraçar a ideia da mudança para melhor.


Aziz tem um projeto para a cidade, e entende que depende unicamente da população, ou seja, "A decisão está nas mãos do povo de Cabrália!"

Kommentare


NOS ACOMPANHE E NOS SIGA NAS REDES SOCIAIS

  • Instagram
  • Facebook
  • X
  • TikTok
  • Youtube
  • Soundcloud
  • Whatsapp
  • Telegram

Role para baixo e veja mais notícias

Todos os temas tratados neste veículo de comunicação, mesmo conteúdos que expressam opinião, são obedientes ao critério jornalístico relacionado a fatos e acontecimentos, dentro do direito à liberdade de expressão, assegurado na Constituição Federal do Brasil, sem qualquer intenção ou motivação pessoal de agredir pessoa alguma, tão somente expressar de forma legítima o DIREITO de opinar sobre fatos verídicos e acontecimentos reais, no amplo exercício de um jornalismo livre e plural.

 

Antonio Marcos Nunes dos Santos

Jornalista - Registro 0006829/BA  

00_edited.jpg
IMG_6502.gif
PC CA.png
bottom of page