top of page

NOS ACOMPANHE E NOS SIGA NAS REDES SOCIAIS

  • Instagram
  • Facebook
  • X
  • TikTok
  • Youtube
  • Soundcloud
  • Whatsapp
  • Telegram
  • Foto do escritorRedação

Burocracia preocupa gestão de Cabrália para construção de nova ponte no centro da cidade


rua com ponte sobre rio
Ponte antes das chuvas de abril

Depois do episódio climática em abril deste ano, onde um importante equipamento público foi destruído com a força da água decorrente das fortes chuvas, causando dano a mobilidade urbana no município, a prefeitura da cidade tem buscado incessantemente resolver o problema e tem se esbarrado na burocracia para a efetivar a construção da nova ponte que interliga a Avenida Paulo Souto a Rua Presidente Vargas, no centro, o equipamento é importante endereço e cartão postal da histórica cidade de Santa Cruz Cabrália, conhecida nacionalmente e mundialmente como Terra Mãe do Brasil.

ponte caida dentro de rio
Ponte depois das chuvas

A destruição da ponte na Rua Presidente Vargas compromete não só a mobilidade urbana, mas acaba por ofuscar uma das mais belas vistas na cidade. O governo municipal tem sido cobrado pela população por uma nova ponte o que é perfeitamente compreensível, entretanto a administração pública tem empreendido todos os esforços para desburocratizar nas esferas estadual e federal os recursos para devolver a Santa Cruz Cabrália não só a sua mobilidade tão prejudicada, mas também parte de um dos seus belos cartões postais.


Durante finalização da matéria a assessoria da prefeitura de Cabrália informou ao cdn24horas que já está prevista licitação para a construção da nova ponte para o dia 29 de setembro e que mais uma vez a parceria do prefeito, Agnelo Santos (AVANTE) junto ao deputado federal, Cláudio Cajado (PP) foi de fundamental importância para destravar a obra.



Comments


Role para baixo e veja mais notícias

Todos os temas tratados neste veículo de comunicação, mesmo conteúdos que expressam opinião, são obedientes ao critério jornalístico relacionado a fatos e acontecimentos, dentro do direito à liberdade de expressão, assegurado na Constituição Federal do Brasil, sem qualquer intenção ou motivação pessoal de agredir pessoa alguma, tão somente expressar de forma legítima o DIREITO de opinar sobre fatos verídicos e acontecimentos reais, no amplo exercício de um jornalismo livre e plural.

 

Antonio Marcos Nunes dos Santos

Jornalista - Registro 0006829/BA  

00_edited.jpg
PC CA.png
bottom of page