top of page
  • Instagram
  • Facebook
  • X
  • TikTok
  • Youtube
  • Soundcloud
  • Whatsapp
  • Telegram
IMG_6502.gif
PC CA.png


O vereador itabelense, Giancarlos Malacarne, aliado e principal incentivador da candidatura a prefeito do atual presidente de câmara, Lukinho, conhecido como Lukinho do PT, deu um tiro que saiu pela culatra, ou seja, mirou no prefeito da cidade, Luciano Francisqueto e acertou nas costelas do governador Jerônimo Rodrigues (PT), de quem ele e seu candidato a prefeito fazem juras de amor, ou seja, a pedrada acertou o alvo errado, ai danou-se, e agora, como fica Jean, com as críticas ácidas contra o governador, quando disse em um bate-papo com pessoas da comunidade que o Distrito de Monte Pascoal está a oito anos sem policiamento - todos sabem que a polícia é do estado. Na verdade, Jean que vem novamente candidato a vereador só está pensando em sua reeleição, assim, sai atirando desesperando sem direção; dizem que o coitado do Lukinho está usando capacete de ferro, afinal com um aliado desse é preciso se proteger, Deus nos cuda!




O ex-deputado federal e cacique maior do AVANTE na Bahia, Ronaldo Carletto, deve dá seu freio de arrumação no AVANTE em Eunápolis. A legenda que perdeu o senso de direção na disputa eleitoral no município eunapolitano, diante de um impasse que deixa a população sem um norte para saber o que de fato partido tem a propôr e o que realmente quer, ou seja, ninguém sabe se é 'Chico ou Francisco', ou se é, 'Zé ou Migué', enfim, manda quem pode e obedece quem tem juízo, senão vira casa da mães Joana...


O pré-candidato a prefeito de Belmonte, Flavielle de Sá (REP), falou à reportagem do cdn24horas que sua jornada na política belmontense está sendo construída longe de quem está na gestão e sem atrelamentos com o passado, mas pensando no futuro. Flavielle destacou que seu apoio, e que realmente importa vem do povo, e, apesar de está ciente das alianças que estão sendo feitas reunindo num só balaio quem está no poder com quem já esteve lá, Flavielle destaca que está tranquilo e que a população faça a escolha, mas ele jamais se dobraria a costurar qualquer aliança com o que não deu certo, nem com o que afundou Belmonte.


O político que exerce o cargo de vice-prefeito em Belmonte e desde o início da atual gestão rompeu com o prefeito, Bebeto Gama, e passou a atuar com ferrenho opositor ao modelo do atual governo da cidade e vem defendendo pautas importantes, como a causa dos professores, dos garis, da saúde, enfim, desde sempre foi a voz que se ouviu defendendo as principais pautas do povo belmontense. Flavielle destaca que sempre esteve no município e seu domicílio nunca mudou, pois acredita no povo e sabe que a população quer é melhor para a cidade.

"Sempre estive aqui, mesmo nos momentos onde fiquei solitário defendendo os interesses de Belmonte, enquanto a turma toda estava junta e misturada usufruindo do poder, eu estava na luta, nas ruas brigando pelo povo, e todo mundo sabe disso...

destacou Flaviell.

bottom of page